Tipos de ligações químicas

Existem diferentes tipos de ligações químicas, sendo elas: ligação iônica, ligação metálica e ligação covalente.

Ligação iônica: é a ligação que ocorre entre íons com a transferência de elétrons. É formada em razão da existência de forças de atração eletrostática entre íons: íons negativos (ânions) e positivos (cátions).

O exemplo mais comum de composto iônico é o Cloreto de Sódio (NaCl), o nosso sal de cozinha. O átomo de sódio (Na) não é estável (apresenta 1 elétron livre na camada de valência), a estabilidade só será atingida se ele perder um elétron, o que dará origem ao cátion Na+. O átomo de cloro (Cl) também não é estável, pelos mesmos motivos que o Na, e atingirá a estabilidade somente se ganhar um elétron, esse átomo dá origem ao íon Cl-. Se os íons já estão formados e eletronicamente estáveis, haverá assim uma interação eletrostática, ou seja, uma ligação iônica que pode ser representada pela equação abaixo.

Na+ + Cl- → NaCl

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ligação metálica: a estrutura atômica dos metais é a Cristalina, que se constitui por cátions do metal envolvidos por elétrons. Os retículos cristalinos presentes nos metais podem ser representados pela figura:

Os retículos cristalinos dos metais são formados por um grupamento de cátions fixos envoltos por elétrons, esses, por sua vez, se encontram deslocalizados, ou seja, não se sentem atraídos por nenhum núcleo.

Ligação covalente: nessa ligação, os átomos são unidos devido ao compartilhar de seus elétrons, surgem então os pares eletrônicos indicados pelo círculo:


Ligação covalente molecular de dois átomos de Cloro (Cl)

Cada par eletrônico formado pertence simultaneamente aos dois átomos. As moléculas são estruturas eletricamente neutras porque não ocorre nem ganho nem perda de elétrons, apenas o compartilhamento.





Videoaula relacionada:

Por: Líria Alves

Artigos relacionados

Hibridização do berílio

Clique e conheça a hibridização do berílio, como ela se processa, quais orbitais atômicos estão envolvidos e outras particularidades.

Ligas Metálicas

Veja as aplicações, propriedades e exemplos de ligas metálicas, isto é, misturas de substâncias cujo componente principal é um metal.

Ligação Iônica, Eletrovalente ou Heteropolar

Ligação Iônica é a única em que ocorre transferência definitiva de elétrons.

Ligações Covalentes

Entenda como são formadas as ligações covalentes entre os átomos dos elementos químicos.

Polaridade das ligações

Explicação sobre como determinar a polaridade das ligações iônicas e covalentes.

Por que o diamante é duro e o sal não, sendo que ambos são cristais?

Se os diamantes são apenas cristais e o sal (cloreto de sódio) também, por que os diamantes são duros e o sal não? Descubra a resposta lendo esse texto.

Por que o ferro não se dissolve na água?

Descubra por que, mesmo sendo considerada um solvente universal, a água não é capaz de dissolver metais, tais como o ferro.