Tipos de coesão

São cinco os tipos de coesão: por referência, por substituição, por elipse, por conjunção e pelo léxico.

Sem coesão e sem coerência, os sentidos de um texto podem ser seriamente prejudicados
Sem coesão e sem coerência, os sentidos de um texto podem ser seriamente prejudicados

coesão textual é um importante elemento que não deve ser esquecido em uma boa redação. Embora o uso de conectivos seja importante, eles não são considerados indispensáveis, visto que existem textos que, apesar de apresentarem pouca ou nenhuma coesão, são dotados de sentido, ou seja, coerência. Contudo, é fundamental ressaltar que tanto a coerência quanto a coesão auxiliam na clareza e na construção de argumentos de um texto.

Para entendermos melhor a coesão, que nada mais é do que a conexão estabelecida entre as palavras de um texto, é importante entendermos que existem tipos de coesão e que esses tipos são basicamente cinco: coesão por referência, por substituição, por elipse, por conjunção e pelo léxico. Vamos aprender mais?

Coesão por referência

É um dos principais mecanismos para evitar repetições desnecessárias.

Observe o exemplo:

As crianças foram passear no parque. Elas foram acompanhadas de seus pais.

Em vez de:

As crianças foram passear no parque. As crianças foram acompanhadas de seus pais.

Coesão por substituição

São utilizadas palavras e expressões que retomam termos já enunciados, empregando assim aquilo que chamamos de anáfora.

Observe o exemplo:

Os alunos foram advertidos pelo mau comportamento. Caso isso volte a acontecer, eles serão suspensos.

Em vez de:

Os alunos foram advertidos pelo mau comportamento. Caso o mau comportamento volte a acontecer, os alunos serão suspensos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Coesão por elipse

Ocorre por meio da omissão de uma ou mais palavras sem comprometer a clareza da oração.

Observe o exemplo:

Mariana faz o dever de casa e simultaneamente conversa com as amigas pelo bate-papo.

Em vez de:

Mariana faz o dever de casa e simultaneamente Mariana conversa com as amigas pelo bate-papo.

Coesão por conjunção

Possibilita relações entre os termos do texto através do emprego de conjunções.

Observe o exemplo:

Como estava doente, não fui à escola, embora tivesse provas nesse dia.

Coesão lexical

Ocorre por meio do emprego de sinônimos, pronomes, hipônimos ou heterônimos.

Observe o exemplo:

Carlos Drummond de Andrade é considerado o maior poeta brasileiro. O itabirano nasceu no dia 31 de outubro de 1902 e faleceu no dia 17 de agosto de 1987. Gênio das letras, deixou imortalizada em seus diversos livros sua contribuição para a literatura brasileira. 


Aproveite para conferir nossas videoaulas relacionadas ao assunto:

Por: Luana Castro Alves Perez

Artigos relacionados

Coerência textual

Você sabe o que é coerência textual? Amplie seus conhecimentos aqui!

Coesão referencial

Aprenda mais sobre a coesão referencial e saiba como esse mecanismo pode ser utilizado na criação das relações entre elementos de um mesmo texto.

Coesão textual

A coesão textual é um elemento de fundamental importância na construção de um texto, sendo responsável por atribuir clareza ao discurso. Atenha-se aos traços que a norteiam!

Conectivos e o processo de estruturação do texto

Texto e construção de sentidos: Saiba mais sobre a importância dos conectivos.

Tipos de coerência

Analisando a coerência textual: Clique e saiba mais sobre os seis diferentes tipos de coerência!