Invasão da Polônia e o Início da Segunda Guerra

A invasão da Polônia, em 1939, deu início ao maior conflito da história da humanidade e fazia parte dos planos de Hitler para formar o “espaço vital”.

A Segunda Guerra Mundial foi o maior conflito da história da humanidade e resultou em cerca de 60 milhões de mortos e em grande destruição para a Europa. O estopim para o início da guerra foi a invasão da Polônia, realizada pelas tropas alemãs em 1º de setembro de 1939. O conflito estendeu-se até setembro de 1945 com a rendição japonesa.

Antecedentes

O clima de tensão que causou o início da Segunda Guerra remonta ao surgimento do Partido Nazista na Alemanha durante a década de 1920, sob a liderança do austríaco Adolf Hitler. Entre as ideias defendidas por Hitler, estavam a suposta superioridade do povo germânico (chamado de ariano), a perseguição aos judeus (antissemitismo) e a constituição de um “espaço vital” para que o povo ariano construísse um império (lebensraum).

Ao assumir o poder na Alemanha durante a década de 1930, Hitler promoveu a militarização e o armamentismo. Além disso, colocou em prática os projetos de expansão territorial para a formação do “espaço vital” ariano e anexou a Áustria e os Sudetos (região da Tchecoslováquia) em 1938. A passividade da Grã-Bretanha e da França nos eventos de 1938 trouxe segurança para Hitler realizar mais um movimento de expansão, dessa vez sobre a Polônia.

A Polônia, território alemão até o fim da Primeira Guerra Mundial, dividia duas posses alemãs. A intenção alemã era interligar a Alemanha com a Prússia Oriental e recuperar a cidade de Danzig. A demanda alemã sobre a Polônia remetia à Primeira Guerra Mundial e ao Tratado de Versalhes, que resultou na perda de territórios para a Alemanha.

Pouco antes da invasão da Polônia, Hitler realizou um acordo com a União Soviética para garantir a paz entre as duas nações em caso de guerra. O acordo também estipulava a divisão da Polônia entre Alemanha e União Soviética, pois, “aos olhos de Berlim e Moscou, o Estado polonês devia sua existência apenas à força maior dos Aliados em 1919 e não tinha legitimidade”|1|.

A Polônia percebeu que sua integridade territorial estava em risco e sabia que não possuía forças militares capazes de suportar um ataque alemão. Assim, foram assinados acordos entre Polônia, França e Inglaterra em que franceses e ingleses prometiam socorrer os poloneses caso fossem atacados. A ajuda, apesar de prometida, nunca chegou.

Início da Guerra

Alemães que moravam em Danzig saudando a chegada de Hitler em 19 de setembro de 1939 *
Alemães que moravam em Danzig saudando a chegada de Hitler em 19 de setembro de 1939 *

Na madrugada de 1º de setembro de 1939, a Alemanha de Hitler movimentou suas primeiras tropas no ataque coordenado contra a Polônia. Esperava-se que a resistência polonesa detivesse os exércitos alemães por alguns meses. Entretanto, não foi o que aconteceu, pois:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

“As forças alemãs eram muito superiores às da Polônia. Uma aviação moderna, a força dos panzers, como eram conhecidas as divisões de tanques e blindados do Exército alemão, e uma infantaria bastante disciplinada e bem treinada. Os poloneses foram pegos de surpresa e não puderam resistir à chamada blitzkrieg, a guerra-relâmpago”|2|.

A diferença existente entre as forças polonesas e alemãs é evidenciada pelo historiador Max Hastings no relato a seguir:

Os defensores [poloneses] posicionaram 1,3 milhão de homens contra 1,5 milhão de alemães, com 37 divisões em cada lado. Mas a Wehrmacht [exército alemão] era muito mais bem equipada, contando com 3.600 veículos blindados, contra 750 dos poloneses, e 1.929 aviões modernos, contra novecentos obsoletos|3|.

França e Inglaterra declararam guerra à Alemanha no dia 3 de setembro de 1939. Porém, a promessa de apoio militar aos poloneses realizada por franceses e ingleses nunca foi cumprida, pois:

os franceses não estavam dispostos a lançar uma ofensiva contra a linha Siegfried [defesas alemãs], como insistia Winston Churchill, menos ainda a provocar uma retaliação bombardeando a Alemanha. O governo britânico, da mesma forma, negou-se a ordenar que a RAF [força aérea britânica] atacasse alvos terrestres alemães|4|.

No dia 17 de setembro, além de inúmeras cidades polonesas já estarem sob o controle nazista, a Polônia viu sua fronteira leste ser invadida pela União Soviética. Com isso, o país não resistiu e, pouco mais de vinte dias depois, assinou sua rendição. A capital polonesa, Varsóvia, havia sido duramente castigada pelos aviões alemãs (Luftwaffe) e rendeu-se oficialmente em 28 de setembro de 1939.

A Polônia foi um dos países que mais sofreram durante a guerra com os massacres realizados pelos alemães e pelos soviéticos. Além disso, a perseguição aos judeus poloneses foi extrema, e inúmeros campos de concentração foram construídos na Polônia. Apesar disso, a resistência polonesa contra os alemães foi grande. Após a conquista da Polônia, Hitler levou a guerra para a Alemanha Ocidental.

|1| HASTINGS, Max. O mundo em guerra 1939-1945. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2012, p. 16.

|2| TOTA, Pedro. Segunda Guerra Mundial. In: MAGNOLI, Demétrio (org.). História das guerras. São Paulo: Contexto, 2013, p.364.

|3| HASTINGS, Max. O mundo em guerra 1939-1945. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2012, p. 18.

|4| Idem, p. 31.

*Créditos da imagem: Everett Historical e Shutterstock





Aproveite para conferir as nossas videoaulas sobre o assunto:

 

Soldado alemão em um ataque aéreo durante a invasão da Polônia no dia 16 de setembro de 1939

Soldado alemão em um ataque aéreo durante a invasão da Polônia no dia 16 de setembro de 1939

Por: Daniel Neves Silva

Artigos relacionados

Vitórias japonesas na Segunda Guerra Mundial (1941-1942)

Confira como aconteceram as vitórias japonesas na primeira fase da Segunda Guerra Mundial na Ásia.

Segunda Guerra Mundial na Iugoslávia

Saiba como ocorreram os confrontos da Segunda Guerra na Iugoslávia, em que croatas fascistas, sérvios monarquistas e iugoslavos comunistas lutaram entre si.

Efeitos das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki

Entenda como ocorreu o lançamento das bombas atômicas e quais os efeitos sobre a população das cidades de Hiroshima e Nagasaki.

Batalha da França

Você sabe como foi a Batalha da França? Clique e entenda como os alemães conseguiram conquistar a França em poucas semanas de conflito.

Expansionismo alemão e a Conferência de Munique

Entenda o que foi a Conferência de Munique e como essa tentativa de alguns países europeus falhou ao frear o expansionismo alemão.

Einsatzgruppen

Acesse este texto sobre os Einsatzgruppen e amplie seus conhecimentos acerca da atuação dos grupos de extermínio nazistas no Holocausto. Leia nosso texto e entenda qual era o papel dessa tropa vinculada a SS e como foi sua atuação ao longo da Segunda Guerra Mundial.

Segunda Guerra Mundial

Conheça todos os aspectos envolvidos com a Segunda Guerra Mundial e entenda a importância desse acontecimento para o mundo atual.

Antecedentes da Segunda Guerra Mundial

Conheça os antecedentes da Segunda Guerra Mundial e entenda melhor os motivos que a deflagraram.

Adolf Hitler

Saiba mais sobre a vida de Adolf Hitler e sua trajetória dentro do partido nazista alemão, bem como sobre sua ascensão ao poder e suas principais ideias.

Holocausto

As motivações que levaram à perseguição e extermínio de milhares de judeus no Holocausto Nazista

Pacto Germano-Soviético

Saiba mais sobre o Pacto Germano-Soviético (1939) que acordou políticas de não agressão entre a Alemanha e a União Soviética antes do início da Segunda Guerra Mundial.