Ataque japonês à base de Pearl Harbor

O ataque japonês à base norte-americana de Pearl Harbor foi um dos conflitos da Segunda Guerra Mundial que aconteceram no oceano Pacífico. Ao mesmo tempo que as tropas do Eixo e dos Aliados lutavam pela vitória na Europa, do outro lado do mundo, as batalhas continuavam. O domínio do comércio no Pacífico era uma das principais causas dos conflitos entre os países beligerantes. A resposta norte-americana ao ataque à base Pearl Harbor foi sua entrada na Segunda Guerra Mundial, no final de 1941.

Leia também: Vitórias japonesas na Segunda Guerra Mundial (1941-1942)

Antecedentes do ataque à base de Pearl Harbor

Desde o começo do século XX, o Japão buscava construir um império no Pacífico. Os japoneses já haviam demonstrado sua força militar ao derrotarem os russos na guerra, em 1905, e ao invadirem a China em busca de expandir seu território na região. Contudo, a presença dos Estados Unidos no Pacífico foi um obstáculo para a expansão japonesa.

Nesse período, durante a Restauração Miji, o povo japonês foi submetido a um processo de educação que ensinava a grandeza do império japonês bem com o nacionalismo e o militarismo. Por isso, as ações do governo do Japão contra aqueles que estavam impedindo a expansão japonesa tinham o apoio popular.

A consequência desse tipo de doutrinação pôde ser vista depois da guerra. Mesmo com a derrota japonesa, em 1945, japoneses que moravam no Brasil acreditavam na vitória do Japão. Um grupo radical chamado Shindo Renmei não somente divulgava informações erradas sobre o final da Segunda Guerra Mundial como assassinava aqueles que diziam acreditar na vitória dos Aliados contra o Japão.

O filme Corações sujos, baseado no livro de Fernando Morais, mostra a ação desse grupo no interior de São Paulo. Enquanto o imperador Hirohito rendia-se aos aliados, os Shindo Renmei exaltavam-no como se fosse o verdadeiro vitorioso da guerra.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Rivalidade entre Japão e Estados Unidos

Desde 1920 que os Estados Unidos eram empecilho para a expansão japonesa no Oriente. Os norte-americanos posicionaram-se contra as exigências do Japão sobre o território da China. Além disso, a presença dos Estados Unidos nas Filipinas era um incômodo para os japoneses, que desejavam conquistar as ilhas. Outra rivalidade estava no comércio marítimo no oceano Pacífico. Tanto Japão quanto os Estados Unidos lutavam pela hegemonia na região.

Ataque a Pearl Harbor

Até o final do ano de 1941, os Estados Unidos não participaram da Segunda Guerra Mundial. Apesar dos apelos insistentes do premier britânico Winston Churchill, o presidente Franklin Roosevelt não se convenceu da necessidade de lutar com os Aliados para derrotar o Eixo. Naquela época, os Estados Unidos estavam concluindo o plano econômico chamado New Deal, aplicado por Roosevelt em 1933 e que retirou o país da crise econômica iniciada com a queda da Bolsa de Valores de 1929.

No entanto, em 7 de dezembro de 1941, os Estados Unidos encontraram motivos suficientes para entrar na guerra. Os japoneses atacaram de surpresa a base norte-americana de Pearl Harbor, no Havaí. Utilizando kamikazes, pilotos suicidas que usavam o próprio avião como arma, o Japão esperava com o ataque inesperado destruir toda a frota de guerra dos Estados Unidos, impedindo assim qualquer reação deles. Apesar dos milhares de mortos e de alguns navios destruídos, os japoneses não conseguiram atingir seu objetivo. Vários navios foram danificados, mas isso não prejudicou a capacidade de guerra dos norte-americanos.

Ataque japonês a Pearl Harbor, em 7 de dezembro de 1941, causou a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial.
Ataque japonês a Pearl Harbor, em 7 de dezembro de 1941, causou a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial.

Veja também: Quais foram os antecedentes da Segunda Guerra Mundial?

Consequências do ataque a Pearl Harbor

No dia seguinte ao ataque a Pearl Harbor, o presidente Franklin Roosevelt declarou guerra ao Japão e, consequentemente, aos demais países do Eixo, Alemanha e Itália. Dessa forma, a guerra não se restringia apenas ao continente europeu, mas a outras regiões do mundo, como o oceano Pacífico. Os soldados japoneses mostraram-se resistentes aos ataques norte-americanos nos anos seguintes da guerra.

Os Aliados conseguiram derrotar o Eixo em 8 de maio de 1945, comemorado como o Dia da Vitória, quando a Alemanha entregou sua rendição. Nessa data, a guerra estava encerrada na Europa, mas não no Pacífico. Mesmo com alemães e italianos entregando as armas, os japoneses não mostraram nenhuma disposição para fazer o mesmo. Apesar de inúmeros apelos à rendição, o imperador Hirohito não se rendeu. Para forçar a rendição japonesa e para vingar-se do ataque a Pearl Harbor, os Estados Unidos lançaram, em agosto de 1945, duas bombas atômicas nas cidades de Hiroshima e Nagasaki, destruindo-as completamente, matando muitos e deixando muitos outros com sequelas pelo corpo por causa da radiação. Dias depois, o imperador rendeu-se, acabando definitivamente a Segunda Guerra Mundial.

Até hoje os Estados Unidos mantêm bases militares em território japonês, e, desde 1945, nunca mais o Japão planejou expandir seu domínio pelo Pacífico.

O presidente norte-americano Franklin Delano Roosevelt assinando a declaração de guerra contra o Japão logo após o ataque a Pearl Harbor.
O presidente norte-americano Franklin Delano Roosevelt assinando a declaração de guerra contra o Japão logo após o ataque a Pearl Harbor.

Resumo sobre o ataque a Pearl Harbor

  • Desde o começo do século XX, os japoneses planejavam construir um grande império no Oriente, e os EUA foram o maior obstáculo para tanto.

  • O ataque a Pearl Harbor aconteceu em 7 de dezembro de 1941 e fez com que o presidente Franklin Roosevelt declarasse guerra ao Japão e, consequentemente, ao Eixo.

  • Com o fim da guerra na Europa, em maio de 1945, o Japão não se rendeu. Para forçar a rendição e vingar-se do ataque a Pearl Harbor, os EUA lançaram as bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, forçando a rendição do imperador Hirohito.

Acesse também: Como foi a Segunda Guerra Mundial na Ásia e no Pacífico?

Exercícios resolvidos

Questão 1 – A Segunda Guerra Mundial começou em 1939, mas os Estados Unidos só entraram no conflito no final de 1941. Assinale a alternativa que corretamente mostra a causa que levou os norte-americanos a entrarem na guerra:

A) construção do Muro de Berlim.

B) invasão cubana do território norte-americano.

C) submarinos alemães afundaram navios norte-americanos.

D) ataque japonês a Pearl Harbor.

Resolução

Alternativa D. Os Estados Unidos declararam guerra ao Japão e ao Eixo logo após o ataque surpresa à base norte-americana de Pearl Harbor, em 7 de dezembro de 1941.

Questão 2 – Leia os itens e assinale qual corresponde corretamente às consequências do ataque japonês à base norte-americana de Pearl Harbor, em 1941:

A) os Estados Unidos mantiveram-se fora da guerra, apenas repudiaram diplomaticamente o ataque japonês.

B) Roosevelt declarou guerra ao Japão, e os Estados Unidos entraram na guerra.

C) a União Soviética tomou as dores dos norte-americanos e lançou duas bombas atômicas em território japonês.

D) a Liga das Nações expulsou o Japão do grupo.

Resolução

Alternativa B. No dia seguinte ao ataque japonês, o presidente Roosevelt declarou guerra ao Eixo, e os Estados Unidos entraram na guerra ao lado dos Aliados. 

Por: Carlos César Higa

Artigos relacionados

Segunda Guerra Mundial

Conheça todos os aspectos envolvidos com a Segunda Guerra Mundial e entenda a importância desse acontecimento para o mundo atual.

Segunda Guerra Mundial na Ásia e no Pacífico

Saiba mais sobre o cenário asiático durante a Segunda Guerra Mundial, conflito responsável pela morte de aproximadamente 60 milhões de pessoas.

Guerra Russo-Japonesa

Saiba mais sobre a Guerra Russo-Japonesa e entenda o que motivou esse conflito e as consequências para os dois países.

Vitórias japonesas na Segunda Guerra Mundial (1941-1942)

Confira como aconteceram as vitórias japonesas na primeira fase da Segunda Guerra Mundial na Ásia.

Segunda Guerra Mundial na Iugoslávia

Saiba como ocorreram os confrontos da Segunda Guerra na Iugoslávia, em que croatas fascistas, sérvios monarquistas e iugoslavos comunistas lutaram entre si.

Efeitos das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki

Entenda como ocorreu o lançamento das bombas atômicas e quais os efeitos sobre a população das cidades de Hiroshima e Nagasaki.

Campos de concentração para japoneses nos EUA

Você sabia que foram construídos campos de concentração nos Estados Unidos durante a Segunda Guerra? Clique aqui e entenda como isso aconteceu.

Dia D

Neste link você terá acesso a informações sobre a Operação Overlord, também conhecida como Dia D, que organizou a invasão da Normandia na Segunda Guerra Mundial.

Antecedentes da Segunda Guerra Mundial

Conheça os antecedentes da Segunda Guerra Mundial e entenda melhor os motivos que a deflagraram.