<

Tratado de Madri

O Tratado de Madri foi um acordo firmado entre Portugal e Espanha, em 13 de janeiro de 1750, que determinou os limites dos domínios dos dois reinos na América do Sul. Além da delimitação das fronteiras, o tratado também decidiu pela troca de territórios entre os reinos. Os portugueses cederam a Colônia de Sacramento, no Uruguai, para os espanhóis e, em troca, receberam o território ocupado pelo Sete Povos das Missões. A fronteira estabelecida pelo Tratado de Madri, até hoje, delimita boa parte do território brasileiro a oeste.

Leia também: “Descobrimento da América” — a chegada dos europeus ao continente americano

Contexto

A União Ibérica foi a unificação dos reinos de Portugal e Espanha e vigorou de 1580 até 1640. O rei português Dom Sebastião desapareceu durante a Batalha de Alcácer-Quibir, em 1578, e deixou o trono sem herdeiros, já que não teve filhos. Alegando suposto parentesco com Dom Sebastião, o rei espanhol Felipe II assumiu o poder em Portugal, promovendo a união dos dois reinos. A partir desse momento, as colônias portuguesas ficaram sob o domínio da Espanha.

Como Portugal e Espanha eram um único reino, não fazia sentido a permanência do Tratado de Tordesilhas, uma linha imaginária que dividia as colônias dos dois reinos ibéricos na América. Assim, os portugueses puderam se movimentar com mais liberdade pela colônia, iniciando os primeiros deslocamentos pelo sertão do Brasil.

Com o fim da União Ibérica e a restauração do reino português, iniciou-se a discussão sobre os limites dos dois reinos na América. O Tratado de Madri, assinado em 1750, solucionou esse problema e delimitou as fronteiras.

Legenda: D. João IV foi aclamado rei de Portugal após 60 anos de União Ibérica.
Legenda: D. João IV foi aclamado rei de Portugal após 60 anos de União Ibérica.

O que foi o Tratado de Madri?

O Tratado de Madri foi um acordo estabelecido entre Portugal e Espanha que delimitou os limites dos domínios português e espanhol na América do Sul. Foi assinado em 1750.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Importância

A importância do Tratado de Madri foi a solução do problema das fronteiras na América do Sul. O tratado reconheceu o avanço dos colonos portugueses pelo interior do Brasil, tendo em vista a revogação do Tratado de Tordesilhas. Esse espaço ampliado possibilitou que as expedições de Entradas e Bandeiras avançassem pelo sertão e descobrissem as primeiras minas de ouro e outras pedras preciosas.

Mapa do Brasil logo após o Tratado de Madri em 1750. [1]

Consequências do Tratado de Madri

A consequência do Tratado de Madri foi o surgimento das expansões territoriais pelo interior do Brasil. O fim da União Ibérica provocou crise na economia açucareira, principalmente no Nordeste. Com mais espaço territorial para se movimentar, tanto a Coroa portuguesa como particulares iniciaram expedições para descobrir novas riquezas e povoar a região.

Ao longo do século XVIII, bandeirantes originários de São Paulo adentraram o sertão brasileiro em busca de metais preciosos e captura de índios para trabalho escravo. Além disso, descoberta das primeiras jazidas de ouro na região das Minas Gerais provocou um grande deslocamento populacional para o interior.

Leia também: Pacto colonial — a forma como as metrópoles europeias garantiam o controle dos seus produtos

Resumo

  • O Tratado de Madri foi um acordo assinado entre Portugal e Espanha que delimitou as fronteiras de domínio dos dois reinos na América do Sul.

  • Esse tratado reconheceu os primeiros deslocamentos portugueses no interior do Brasil.

  • Com espaço territorial ampliado, as Entradas e Bandeiras puderam adentrar o sertão em busca de metais preciosos e índios para o trabalho escravo.

Exercícios resolvidos

1) O Tratado de Madri foi um acordo firmado entre Portugal e Espanha em 1750. Esse tratado estabelecia:

a) o fim da escravidão nas colônias espanhola e portuguesa na América.

b) cessar-fogo entre Portugal e Espanha após a Guerra dos Cem Anos.

c) a delimitação dos limites dos domínios de Portugal e Espanha na América do Sul.

d) a fiscalização do tráfico negreiro para cobrança de impostos atrasados.

Resposta

Letra C. O Tratado de Madri de 1750, acordado entre Portugal e Espanha, delimitou novas fronteiras para o domínio desses reinos na América, logo após o fim da União Ibérica.

2) O Tratado de Madri, assinado entre Portugal e Espanha em 1750, traçou as fronteiras entre os domínios portugueses e espanhóis na América. Esse tratado trouxe consequências para os rumos do Brasil Colônia. Quais?

a) Aumento da disputa entre Portugal e Espanha por mais terras a serem colonizadas.

b) Abolição da escravidão e Proclamação da República.

c) Fim do tráfico negreiro e o apoio inglês para a independência.

d) Garantia de mais espaço para deslocamento no território brasileiro, o que motivou expedições de exploração.

Resposta

Letra D. Com maior espaço para a livre circulação, houve a organização de expedições para explorar as riquezas e aprisionar índios para o trabalho escravo.

Créditos das imagens

[1] Shadowxfox | Wikimedia Commons

Por: Carlos César Higa

Artigos relacionados

Descobrimento da América

Clique no link e acesse para saber mais detalhes sobre o descobrimento da América. Saiba como os historiadores entendem esse acontecimento marcante.

Entradas e Bandeiras

Fique sabendo o que foram e que importância tiveram as Entradas e Bandeiras durante o período colonial brasileiro.

Pacto Colonial

Saiba o que foi o Pacto Colonial, política decisiva no contexto da economia mercantilista.

Tratado de Tordesilhas

Acesse o site e conheça mais sobre o Tratado de Tordesilhas. Veja quais foram os seus objetivos e de que forma influenciou na colonização da América.

União Ibérica

Saiba o que foi a União Ibérica e que importância esse fato histórico teve para o Brasil na época da colonização.