Dia dos Pais

O Dia dos Pais é celebrado no segundo domingo de agosto como forma de homenagem aos pais, figuras que dedicam suas vidas a cuidar de seus filhos. Essa data surgiu nos Estados Unidos, no começo do século XX, sendo proposta por Sonora Dodd em homenagem a seu pai. Foi trazida para o Brasil, em 1953, por ideia de um publicitário diretor de jornal.

Acesse também: Entenda a importância do Novembro Azul

Importância do Dia dos Pais

O Dia dos Pais é uma data comemorativa bastante tradicional no Brasil e seu objetivo, como o nome já propõe, é homenagear essa figura tão importante em nossas famílias: o pai. Todos sabemos que o Dia dos Pais é comemorado no segundo domingo de agosto, e é bastante comum que as famílias reúnam-se para celebrar a ocasião com uma refeição especial.

O Dia dos Pais, celebrado no segundo domingo de agosto, é uma forma de homenagear o cuidado que os pais dedicam aos seus filhos.
O Dia dos Pais, celebrado no segundo domingo de agosto, é uma forma de homenagear o cuidado que os pais dedicam aos seus filhos.

Nessa data as pessoas celebram todo o amor e carinho que os pais dedicam a seus filhos e, assim como acontece no Dia das Mães, é muito comum que os filhos presenteiem seus pais em consideração ao cuidado que receberam e ainda recebem deles. Neste texto veremos como surgiu essa comemoração e quando ela começou a ser praticada no Brasil.

Origem do Dia dos Pais

O Dia dos Pais é uma celebração moderna que, assim como o Dia das Mães, teve seu surgimento nos Estados Unidos. As primeiras celebrações dessa data remontam ao começo do século XX e estão relacionadas com Sonora Smart Dodd, artista e escritora que morava no estado de Washington.

Os historiadores apontam que ela propôs a criação do Dia dos Pais como um feriado, pela primeira vez, em 1910. A sugestão de Sonora Dodd teria sido uma forma de homenagear seu pai, William Jackson Smart, um veterano da Guerra Civil Americana. Dodd conta que o seu pai criou seus filhos sozinho depois que sua mãe (e esposa de Smart), Ellen Smart, faleceu ao dar à luz seu sexto filho.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

William Smart então teria criado sozinho seus seis filhos, e só depois que Sonora Dodd teve seu primeiro filho é que ela percebeu que a tarefa realizada por seu pai havia sido desafiadora. A inspiração de Sonora Dodd para propor o Dia dos Pais foi a notícia do estabelecimento do Dia das Mães, uma data criada por Anna Jarvis, também nos Estados Unidos.

A proposta de Sonora Dodd era de que a data fosse celebrada no 5 de junho, dia do aniversário de seu pai, mas a celebração só aconteceu no 19 de junho, porque o pastor que a realizaria precisou de mais tempo para elaborar o sermão em comemoração aos pais. Naquela ocasião, o 19 de junho foi o terceiro domingo daquele mês.

Essa celebração em 1910 foi a primeira em homenagem aos pais realizada nos Estados Unidos, Apesar da importância, a data comemorativa demorou para consolidar-se na cultura popular norte-americana. O presidente Woodrow Wilson tentou oficializá-la, mas não recebeu apoio do Congresso para isso. Outro presidente norte-americano, Calvin Colidge, incentivou as pessoas a celebrarem-na, no entanto, sem torná-la oficial|1|.

A oficialização do Dia dos Pais só aconteceu na década de 1960, quando Lyndon Johnson, presidente dos Estados Unidos, determinou que esse dia deveria ser comemorado no terceiro domingo de junho. Em 1972, o presidente Richard Nixon transformou o Dia dos Pais em feriado nacional.

Acesse também: Dia das Crianças – no Brasil e no mundo

Quando o Dia dos Pais chegou ao Brasil?

O Dia dos Pais foi uma data comemorativa introduzida no Brasil, no começo da década de 1950, pelo publicitário Sylvio Bhering.
O Dia dos Pais foi uma data comemorativa introduzida no Brasil, no começo da década de 1950, pelo publicitário Sylvio Bhering.

No Brasil, a celebração do Dia dos Pais foi proposta, pela primeira vez, em 1953, no jornal O Globo. A ideia partiu de Sylvio Bhering, publicitário que, na época, ocupava as funções de diretor do O Globo e da Rádio Globo. Com base em sua ideia, o jornal carioca elaborou um texto, no dia 15 de agosto de 1953, estipulando que o “Dia do Papai” seria uma forma de os filhos demonstrarem um “enternecido reconhecimento que devem a quem lhes consagra energia e desvelos, preocupações e esperanças”|2|.

A proposta de Sylvio Bhering era celebrar o primeiro Dia dos Pais no Brasil em 16 de agosto, o Dia de São Joaquim, pai de Nossa Senhora e avô de Jesus Cristo. Seu objetivo era utilizar a data para garantir mais anúncios publicitários ao jornal, pois a celebração poderia gerar aumento do consumo do comércio e visava atingir apenas a cidade do Rio de Janeiro, mas acabou se popularizando no Brasil.

Como a celebração do Dia dos Pais em uma data fixa (16 de agosto) não se mostrou muito vantajosa, porque, às vezes, cairia em dias úteis, a data passou a ser celebrada no segundo domingo do mesmo mês, assim como o Dia das Mães é celebrado no segundo domingo do mês de maio.

Dia dos Pais pelo mundo

Pelos exemplos dos Estados Unidos e do Brasil que vimos neste texto, podemos perceber que o Dia dos Pais não é celebrado no mesmo dia nos países que o adotaram. Trata-se de uma comemoração internacional que acontece nos mais variados países, mas cada um deles decidiu realizá-la em um momento diferente do ano.

Em alguns países, como Portugal, Espanha e Itália, o Dia dos Pais é comemorado em 19 de março, enquanto que, na Suíça e na Lituânia, ele é celebrado no primeiro domingo de junho. O terceiro domingo de junho é a data mais comum para a celebração desse dia, o que ocorre nos países como Argentina, Bósnia, Canadá, Chile, Costa Rica, Tchéquia, França, Grécia, Japão, Índia, Nigéria, México, Reino Unido e Estados Unidos.

O Brasil é o único país do mundo que celebra o Dia dos Pais no segundo domingo do mês de agosto, e, nos próximos anos, a data será comemorada nos seguintes dias:

  • 2020: 09 de agosto;

  • 2021: 08 de agosto;

  • 2022: 14 de agosto.

Acesse também: Como surgiu o Dia das Mães?

Abandono paterno

O Dia dos Pais é um momento de celebração e de homenagens aos pais que dedicam amor à criação de seus filhos. A data, no entanto, pode ser também um momento de reflexão e conscientização, afinal, dados, de 2011, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apontam que existem cerca de 5,5 milhões de filhos abandonados pelo pai e que não possuem o nome paterno na certidão de nascimento|3|.

Especialistas apontam que o abandono paterno é um problema grave e que, além dos danos materiais que gera em uma criança apenas criada pela mãe (sabendo-se da condição da mulher no mercado de trabalho), pode causar problemas psicológicos em uma criança que cresce sem a referência da figura paterna. Ser pai e assumir a paternidade é, portanto, além de uma demonstração de amor, uma demonstração de responsabilidade.

Notas

|1| BELLIS, Mary. Who invented Fathers Day? Para acessar, clique aqui [em inglês].

|2| Dia dos Pais. Para acessar, clique aqui.

|3| Brasil tem 5,5 milhões de crianças sem pai no registro. Para acessar, clique aqui.

Por: Daniel Neves Silva

Artigos relacionados

12 de Outubro – Dia das Crianças

Entenda como foi criado o Dia das Crianças no Brasil e como essa data disseminou-se no país todo.

15 de Outubro — Dia dos Professores

Aprender e educar fazem parte do enorme trabalho de um professor. Venha saber mais sobre o Dia dos Professores. Clique aqui!

Dia das Mães

Clique no link e conheça a história por trás do Dia das Mães. Entenda como essa data surgiu, quando se consolidou no Brasil e quando é celebrada em outros países.

Guerra Civil Americana

Saiba que fatores levaram à ocorrência da Guerra Civil Americana, a guerra mais mortífera da história dos EUA!