24 de junho - Dia de São João

Dia de São João é uma data celebrada pela Igreja Católica e reúne milhões de pessoas em festas tradicionais pelo país. Faz parte de uma das comemorações juninas.

Festas de São João reúnem milhões de pessoas pelo Brasil. [1]
Festas de São João reúnem milhões de pessoas pelo Brasil. [1]

Celebrado em 24 de junho, o Dia de São João reúne muita tradição e histórias que fazem dessa data uma das celebrações mais importantes do ano, em especial para os católicos.

O Dia de São João está presente no calendário litúrgico da Igreja Católica e tem muita importância aos devotos que mantêm as tradições de séculos atrás. No entanto, a celebração da data não envolve apenas católicos e reúne pessoas de diferentes crenças para festejarem com dança, tradições e muita comida típica.

Leia também: 5 simpatias de Festas Juninas

Quem foi São João?

O Dia de São João é dedicado a João Batista, considerado o primeiro mártir da Igreja Católica e o último dos profetas. Sua principal representação é mostrada no batismo de Jesus, onde ele segura uma cruz. São João também é considerado informante da verdade e anunciador da vinda de Jesus.

João Batista nasceu de forma considerada milagrosa. Isabel, sua mãe e prima de Maria, mãe de Jesus, já era idosa e pensava ser estéril quando engravidou. Segundo a Bíblia, seu pai, o sacerdote Zacarias, foi avisado pelo Anjo Gabriel que Isabel ficaria grávida e que o filho deveria se chamar João Batista.

Na mesma época, o Anjo Gabriel apareceu para Maria e anunciou que ela seria a mãe do filho de Deus. O anjo também informou Maria sobre a gravidez de Isabel, que foi visitar a prima para dar a notícia. De acordo a Bíblia, com a chegada de Maria, João se mexeu no ventre de Isabel.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

João Batista veio ao mundo e, com seu dom, passou a ser conhecido como profeta. Ele viveu no deserto da Galileia, onde realizava suas orações e pregava às pessoas sobre a vinda de Jesus. Suas pregações às margens do rio Jordão reuniam multidões.

Escultura de São João Batista
São João é considerado mártir da Igreja Católica e batizou Jesus.

João Batista também é lembrado por batizar as pessoas que se arrependiam dos pecados. Entre os principais feitos do profeta, ele é lembrado pelo batismo de Jesus.

Em suas pregações, João não poupava as autoridades locais. Ele denunciou o governo do Rei Heródes e sua vida de adultério. O rei, na época, tinha um relacionamento extraconjugal com a cunhada, Herodíades.

Em uma festa, Salomé, filha de Herodíades, dançou para o Rei Heródes. Encantado com Salomé, o rei prometeu a ela tudo que quisesse. Salomé relatou à mãe a proposta de Heródes, que sugeriu a ela que pedisse a cabeça de João Batista em uma bandeja. Herodíades queria a morte de João Batista por ele denunciar seu relacionamento com o rei.

Heródes ordenou a prisão de João Batista, que, posteriormente, foi assassinado, como pediu Herodíades.

Veja também: Origem e características das Festas Juninas

Fogueira de São João

A fogueira é o símbolo da Festa de São João. De acordo com a Bíblia, Isabel combinou com Maria que acenderia uma fogueira para avisá-la do nascimento de João Batista. A fogueira era grande para que Maria pudesse ver de longe, e, junto a ela, um mastro com um boneco foi erguido, como forma de referência ao nascimento.

Por causa disso, a fogueira se tornou uma das tradições das Festas Juninas. Várias celebrações são feitas em volta dela. Veja algumas:

  • Batismo na fogueira: os afilhados e padrinhos saltam a fogueira como uma forma de criar laços de apadrinhamento.

  • Casamento: passar descalço nas brasas da fogueira com uma faca nova nas mãos. No dia seguinte, a faca deve ser fincada em uma bananeira, e a nódoa que escorrer deve formar as iniciais da pessoa com quem vai se casar.

  • Anel para casar: passar com um copo de água e um anel preso em um fio sobre a fogueira. A quantidade de vezes que o anel bater no copo será os anos de espera para casar.

Fogueira de São João
Uma fogueira anunciou o nascimento de João Batista.

Onde e como é comemorado o Dia de São João?

A festa é muito tradicional no Brasil, mas, em alguns estados, principalmente do Nordeste, é considerada o grande evento do ano. Em Campina Grande, na Paraíba, por exemplo, o evento reúne anualmente cerca de dois milhões de pessoas.

Conhecido como o Maior São João do Mundo, a celebração de Campina Grande ocorre entre junho e julho. O evento vai além da religiosidade e possui muitos shows musicais e atrações artísticas, com comidas consideradas típicas e uma grande fogueira símbolo.

Quadrilha de São João em Campina Grande
Danças a atrações musicais fazem parte da Festa de São João. [1]

São João de Caruaru, em Pernambuco, também costuma levar mais de um milhão de pessoas para sua festa de São João, com muitas apresentações, desfiles e shows pirotécnicos.

no Mato Grosso do Sul há o conhecido Banho de São João, em Corumbá. Os festeiros têm o costume de seguir ao rio Paraguai para se banharem próximo da imagem de São João. Após o ato, muitas festividades acontecem no local.

Crédito das imagens

[1] Cacio Murilo / Shutterstock

Por: Giullya Franco

Artigos relacionados

12 de Junho - Dia dos Namorados

Conheça a origem histórica do Dia dos Namorados e por que, em alguns países, a comemoração ocorre no dia 14 de fevereiro, mas, no Brasil, em 12 de junho.

31 de outubro - Halloween ou Dia das Bruxas

Saiba a história do Halloween, comemorado em 31 de outubro, e as mudanças que conheceu ao longo do tempo.

Cinco simpatias de festas juninas

Conheça cinco simpatias de festas juninas relacionadas com São João e Santo Antônio!

Festas Juninas

Saiba mais sobre as Festas Juninas e a relação que elas têm com os santos católicos do mês de junho e com elementos tradicionais da cultura brasileira