Aids, catapora, caxumba, dengue, ebola e febre amarela

Aids e ebola podem ser transmitidas através de sangue infectado. Febre amarela e dengue são transmitidas pelo Aedes aegypti. Já catapora e caxumba são transmitidas por saliva.

Manifestação da catapora.
Manifestação da catapora.

→ Aids

O contágio ocorre, principalmente, por meio de esperma, sangue, leite materno, secreções vaginais ou objetos contaminados com estes. Muitas pessoas não apresentam sintomas ao ter contato com o vírus, embora já tenham condições de transmiti-lo a outras pessoas. Febre, cansaço, diarréia, falta de ar, aumento dos gânglios linfáticos, manchas avermelhadas pela pele e candidíase são sintomas que podem aparecer. Entretanto, como características de diversas outras doenças, só um teste de sangue preciso pode, de fato, diagnosticá-la.

→ Catapora

Transmitida pela saliva ou contato com objetos contaminados. Aparece como pequenas e numerosas feridas, espalhadas por todo o corpo e que causam bastante desconforto, uma vez que coçam muito. Pode causar febre e dor de cabeça. Há vacina para essa doença.

→ Caxumba

Tal como a catapora, a caxumba pode ser transmitida pela saliva. Nesta, ocorre uma inflamação da parótida e outras glândulas salivares, podendo infectar testículos, ovários, pâncreas e cérebro. Causa febre e, em alguns casos, meningite. Há vacina para essa doença.

→ Dengue

Transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti, vetor da doença. Febre, dores de cabeça, nas juntas e nos olhos e manchas vermelhas na pele são alguns dos sintomas. Podem causar hemorragias, típicos da dengue hemorrágica. Ainda não há vacina comercialmente disponível para a dengue.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

→ Ebola

Transmitido pelo contato direto com sangue, secreções ou sêmen de pessoas infectadas. Como sintomas, temos intensas dores de cabeça, mal estar, fadiga, dor de garganta, dor nas costas, vômitos, náuseas, diarréia, conjuntivite, artrite, podendo levar ao coma. Há como ainda, neste primeiro momento, aparecer manchas vermelhas na face. Ao afetar fígado, baço, pulmão, tecido linfático e vasos sanguíneos, o paciente pode sangrar pelas mucosas e ter mudanças bruscas de comportamento, falta de memória, cegueira e dores no peito. Em um terceiro estágio, o sangramento se acentua, levando a óbito.

→ Febre Amarela

É transmitida principalmente pela picada das fêmeas do mosquito Aedes aegypti e de mosquitos do gênero Haemagogus. Causa febre e desidratação, o fígado é afetado e a pele apresenta-se de cor amarelada. Baço, rins, medula óssea e gânglios linfáticos também podem ser afetados. Entretanto, pode não apresentar sintomas na pessoa contaminada e, apesar disso, esta tem condições de transmitir a doença.


Aproveite para conferir nossa videoaula sobre o assunto:

Por: Mariana Araguaia

Artigos relacionados

Aedes aegypti transgênico

Você sabia que o próprio Aedes aegypti pode ser usado no controle da dengue? Entenda como!

Aids

Você sabe o que é aids? Clique para entender o que é essa síndrome, como o HIV afeta o corpo e quais são os tratamentos disponíveis para os acometidos.

Aids na África

A Aids é o principal fator de mortalidade na África. Saiba mais!

Dengue

Aprenda mais sobre a dengue clicando aqui. Neste texto falaremos sobre a transmissão, os sintomas, o tratamento e a prevenção dessa doença.

Diarreia

Com certeza alguma vez você já apresentou um quadro de diarreia. Clique aqui e saiba mais sobre esse assunto!

Ebola

Conheça mais sobre o ebola, uma doença que frequentemente provoca surtos na África. Descubra seus sintomas, formas de transmissão e tratamento clicando aqui.

Febre Amarela

Doença que pode ser fatal, caso não seja feito um acompanhamento médico adequado.

Mosquito-da-dengue (Aedes aegypti)

Conheça as características do mosquito transmissor da dengue e febre amarela, e saiba como conter sua proliferação.

Vacina contra a dengue

Saiba mais sobre a vacina contra a dengue comercializada no Brasil e entenda a importância de se manter as medidas preventivas contra a doença.

Vírus de animais

Vírus, Microorganismos, Moléculas, Macromoléculas, Célula, Co-evolução, Ácido nucléico, RNA, DNA, Envelopes protéicos, Vírus envelopado, Varíola, Hepatite, Herpes, Gripe, Poliomielite, Raiva, Transcriptase reversa, Hospedeiro, AIDS.