Islamismo

O islamismo é a segunda maior religião do mundo e é uma religião monoteísta que acredita em um único Deus, Alá, e segue os ensinamentos do Alcorão.

Caaba, dentro da Grande Mesquita em Meca, um local sagrado do islamismo.
A Caaba, dentro da Grande Mesquita em Meca, é um local sagrado do islamismo. [1]

O islamismo é a segunda maior religião do mundo e é uma religião monoteísta que acredita em um único Deus, Alá, e segue os ensinamentos do Alcorão, sendo seus seguidores chamados de muçulmanos. Foi fundado no século VII na Arábia pelo profeta Maomé. As crenças do islamismo são baseadas em seis artigos de fé: a crença em Alá, em anjos, nos livros sagrados, nos profetas, no Dia do Julgamento e no destino, formando a base da teologia islâmica.

Os cinco pilares do islamismo são: Shahada (declaração de fé), Salat (orações diárias), Zakat (caridade), Sawm (jejum durante o Ramadã) e Hajj (peregrinação a Meca), práticas fundamentais para todos os muçulmanos. O Alcorão, considerado a palavra literal de Deus revelada ao profeta Maomé, é o livro sagrado do islã, composto por 114 capítulos que abrangem diversos temas, desde legislação até orientação espiritual.

Leia também: Budismo — uma religião baseada nos ensinamentos de Siddharta Gautama, o Buda

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o islamismo

  • O islamismo é a segunda maior religião do mundo e é uma religião monoteísta que acredita em um único Deus, Alá, e segue os ensinamentos do Alcorão.

  • Foi fundado no século VII na Arábia pelo profeta Maomé.

  • Seus seguidores são chamados de muçulmanos, que significa "aqueles que se submetem à vontade de Deus".

  • As crenças do islamismo são baseadas em seis artigos de fé: a crença em Alá, em anjos, nos livros sagrados, nos profetas, no Dia do Julgamento e no destino, formando a base da teologia islâmica.

  • Os cinco pilares do islamismo são: Shahada (declaração de fé), Salat (orações diárias), Zakat (caridade), Sawm (jejum durante o Ramadã) e Hajj (peregrinação a Meca).

  • O Alcorão, considerado a palavra literal de Deus revelada ao profeta Maomé, é o livro sagrado do islamimso.

  • Os símbolos do islamismo incluem o crescente e a estrela, a Caaba em Meca, a Shahada e as mesquitas.

  • Os principais grupos do islamismo são os sunitas, xiitas, sufis e ibadis, cada um com suas próprias crenças e práticas, sendo os sunitas a maior denominação, seguidos pelos xiitas.

  • O islamismo no Brasil, presente desde a época da escravidão, tem crescido através da imigração de árabes no século XX.

  • O islamismo surgiu no século VII na Península Arábica, quando Maomé começou a receber revelações divinas, e após sua morte seus seguidores expandiram rapidamente a religião, formando um vasto império.

  • Islamismo, judaísmo e cristianismo são religiões abraâmicas que compartilham a crença em um único Deus, profetas e valores éticos, apesar de diferenças teológicas significativas.

O que é o islamismo?

Ilustração do profeta Maomé, o fundador do islamismo.
Ilustração do profeta Maomé, o fundador do islamismo.

Também conhecido como islã, o islamismo é atualmente a segunda religião do mundo e foi fundado na Arábia no século VII pelo profeta Maomé. É baseado na crença em um único Deus, chamado Alá, e segue os ensinamentos revelados no Alcorão, o livro sagrado do islã. A palavra "islã" deriva da raiz árabe "Salam", que significa paz, pureza, submissão e obediência. Os seguidores do islamismo são conhecidos como muçulmanos, que significa "aqueles que se submetem à vontade de Deus".

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Crenças do islamismo

As crenças do islamismo são fundamentadas em seis artigos de fé, que formam a base da teologia islâmica:

  1. Crença em Alá: a crença em um único Deus, Alá, que é o criador e sustentador do universo.

  2. Crença nos anjos: os muçulmanos acreditam em anjos, seres criados por Deus para executar suas ordens.

  3. Crença nos livros sagrados: além do Alcorão, os muçulmanos acreditam nos livros sagrados revelados anteriormente, como a Torá, os Salmos e o Evangelho.

  4. Crença nos profetas: os muçulmanos acreditam em todos os profetas enviados por Deus, incluindo Adão, Noé, Abraão, Moisés, Jesus e Maomé, sendo este último o selo dos profetas.

  5. Crença no Dia do Julgamento: acreditam que todos os seres humanos serão ressuscitados e julgados por suas ações.

  6. Crença no destino: acreditam que tudo o que acontece é pela vontade e permissão de Deus.

Pilares do islamismo

Os pilares do islamismo são cinco práticas fundamentais que todos os muçulmanos devem cumprir:

  1. Shahada (declaração de fé): afirmar que "Não há outro deus senão Alá, e Maomé é o seu mensageiro".

  2. Salat (orações): realizar cinco orações diárias em horários específicos, voltadas em direção a Meca.

  3. Zakat (caridade): doar uma parte da riqueza aos necessitados, geralmente 2,5% do capital acumulado.

  4. Sawm (jejum): jejuar durante o mês sagrado do Ramadã, abstendo-se de comer, beber e outras atividades desde o amanhecer até o pôr do sol.

  5. Hajj (peregrinação): realizar a peregrinação a Meca pelo menos uma vez na vida, se tiver condições físicas e financeiras para isso.

Acesse também: O que é o Ramadã no islamismo?

Alcorão no islamismo

Alcorão aberto, o livro sagrado do islamismo.
O Alcorão é o livro sagrado do islamismo. [2]

O Alcorão é o livro sagrado do islamismo, considerado pelos muçulmanos como a palavra literal de Deus revelada ao profeta Maomé ao longo de 23 anos. O Alcorão está dividido em 114 capítulos, chamados suras, que variam em extensão e abrangem diversos temas, desde legislação até moralidade, teologia e orientação espiritual. O Alcorão é recitado em árabe, e a memorização e recitação do texto são práticas altamente valorizadas no islamismo.

Símbolos do islamismo

Grande mesquita azul em Istambul, na Turquia, um dos símbolos do islamismo.
A mesquita é um dos símbolos do islamismo.

Os símbolos do islamismo são representações visuais que possuem grande significado religioso e cultural:

  • Crescente e estrela: símbolo frequentemente associado ao islamismo, representando a fé e a orientação divina.

  • Shahada: a declaração de fé, muitas vezes representada em bandeiras e em arquitetura islâmica.

  • Caaba: o edifício cúbico em Meca, que é o local mais sagrado do Islã e o ponto focal para as orações.

  • Mesquita: lugar de adoração onde os muçulmanos se reúnem para orações comunitárias.

Grupos do islamismo

O islamismo está dividido em vários grupos e seitas, sendo os mais proeminentes:

  • Sunitas: constituem a maior parte dos muçulmanos e seguem a Sunnah (tradições) do profeta Maomé.

  • Xiitas: acreditam que o sucessor legítimo de Maomé foi seu primo e genro Ali. São mais numerosos no Irã e no Iraque.

  • Sufis: um ramo místico do islã que busca uma conexão direta e pessoal com Deus por meio de práticas espirituais.

  • Ibadis: uma seita menor, predominante em Omã, que se distingue tanto dos sunitas quanto dos xiitas.

Acesse também: Qual é a diferença entre os sunitas e os xiitas?

Islamismo no Brasil

O islamismo no Brasil é uma religião minoritária, mas com uma presença significativa. A chegada de muçulmanos ao Brasil data da época da escravidão, quando muitos africanos muçulmanos foram trazidos como escravos.

No século XX, a imigração de árabes, especialmente de sírios e libaneses, contribuiu para o crescimento da comunidade muçulmana. Existem várias mesquitas espalhadas pelo país, e a comunidade muçulmana está ativa na promoção da cultura e religião islâmicas por meio de centros culturais e eventos.

Origem e história do islamismo

O islamismo surgiu no início do século VII na Península Arábica. Maomé, nascido em Meca em 570 d.C., começou a receber revelações divinas aos 40 anos, que foram compiladas posteriormente no Alcorão.

Maomé enfrentou oposição em Meca, migrando para Medina em 622 d.C. (evento conhecido como Hégira), onde ele estabeleceu uma comunidade islâmica. Após sua morte em 632 d.C., seus seguidores expandiram rapidamente o islã, formando um vasto império que se estendeu da Espanha à Índia em menos de um século.

Islamismo, judaísmo e cristianismo

Islamismo, judaísmo e cristianismo são religiões abraâmicas, compartilhando muitas crenças e histórias comuns:

  • Monoteísmo: todas as três religiões acreditam em um único Deus.

  • Profetas: reconhecem muitos dos mesmos profetas, incluindo Abraão, Moisés e Jesus.

  • Escrituras sagradas: cada uma possui seus próprios textos sagrados – a Torá no judaísmo, a Bíblia no cristianismo e o Alcorão no islamismo.

  • Valores éticos: compartilham muitos valores éticos e morais, como a importância da caridade, justiça e a vida em comunidade.

No entanto, existem diferenças teológicas significativas, como a visão de Jesus (profeta no islã, filho de Deus no cristianismo) e a revelação contínua (Maomé no islã).

Curiosidades sobre o islamismo

  • Diversidade cultural: o islamismo é praticado em diversas culturas ao redor do mundo, do Oriente Médio à África, Ásia e comunidades em todo o mundo ocidental.

  • Calendário islâmico: o calendário islâmico é lunar e começa com o ano da Hégira (622 d.C.). Cada mês começa com a observação da lua nova.

  • Mês sagrado do Ramadã: durante o Ramadã, além do jejum, os muçulmanos se dedicam a maior oração, leitura do Alcorão e caridade.

  • Eid al-Fitr e Eid al-Adha: as duas principais festas islâmicas, celebradas com orações comunitárias, refeições festivas e caridade.

  • Arquitetura islâmica: conhecida por sua beleza e complexidade, incluindo elementos como minaretes, cúpulas e padrões geométricos intricados.

Créditos de imagem

[1] Adli Wahid / Wikimedia Commons (reprodução)

[2] sayyed shahab-o- din vajedi / Wikimedia Commons (reprodução)

Fontes

AL-MEDINA, Dar. O que é o Islã?: Uma introdução para não-muçulmanos (Coleção O que é o Islã?). Ebook Kindle: Dar Al-Medina, 2022.

PEREIRA, Roslie Helena de Souza. O Islã clássico: itinerários de uma cultura. São Paulo: Perspectiva, 2007.

Por: Tiago Soares Campos

Artigos relacionados

Adventismo

O adventismo é uma seita que prega a volta de Cristo e consequentemente o fim do mundo.

Budismo

Conheça sobre o budismo, os princípios do budismo e o líder espiritual do budismo.

Catolicismo

Nome usado para indicar os aderentes à Igreja Católica Romana.

Ramadã

Acesse o link para saber mais detalhes sobre o Ramadã. Entenda a sua relação com o calendário islâmico e saiba quais são os costumes desse período.

Religião

O que é religião, O significado de religião, Saiba sobre a religião, as características de uma religião.

Umbanda

Clique no link para saber sobre a umbanda, religião de origem afro-brasileira. Entenda como ela se caracteriza e como se originou. Confira suas entidades e orixás.

Xamanismo

Clique aqui e saiba quais são as principais crenças do xamanismo. Conheça os seus rituais e veja quais povos no Brasil e no mundo praticam o xamanismo.