Mas ou mais?

Mas ou mais? Essa certamente é uma das dúvidas mais insistentes da língua portuguesa. Embora sejam parecidas, as duas palavras possuem significados diferentes.

Mas e mais existem na língua portuguesa, portanto, ambas estão corretas. Contudo, é preciso cautela para não confundi-las
Mas e mais existem na língua portuguesa, portanto, ambas estão corretas. Contudo, é preciso cautela para não confundi-las

Mas ou mais? Você sabe responder a essa pergunta?

Essa é uma das dúvidas mais frequentes entre os falantes da língua portuguesa, principalmente na hora de escrever. As duas palavras — mas e mais — existem e estão corretas. Embora sejam parecidas nos aspectos fonéticos e morfológicos, elas apresentam diferentes classificações gramaticais e situações de uso bem específicas. Vamos aprender?

Diferenças entre mas e mais:

♦ A palavra mas, quando for uma conjunção, deve ser empregada para conferir o sentido de oposição, podendo ser substituída por outras conjunções, entre elas, porém, contudo, todavia, entretanto etc. Observe os exemplos:

Ele estudou bastante para a prova, mas não foi aprovado.
Ela acordou atrasada, mas conseguiu chegar a tempo no trabalho.

Além de atuar como uma conjunção, a palavra mas também pode ser um substantivo comum ou um advérbio. Como substantivo, refere-se a um defeito, um senão; já como advérbio, é empregada para dar ênfase a uma afirmação:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nem mas nem meio mas, faça agora o que estou ordenando! (substantivo comum)
Ela é tão aplicada, mas tão aplicada, que foi aprovada em vários concursos. (advérbio)

Apesar da semelhança, as palavras mas e mais devem ser empregadas em diferentes contextos
Apesar da semelhança, as palavras mas e mais devem ser empregadas em diferentes contextos

♦ A palavra mais é empregada, principalmente, para conferir ideia de quantidade ou de intensidade, sempre em oposição à palavra menos. Veja alguns exemplos:

As meninas são as mais estudiosas da turma.
Quanto mais lemos, mais conhecimentos adquirimos.

Atenção:

Não confunda mas com más! Más, com acento, é o feminino de boas e plural de má. Observe:

Elas estavam sempre entre más companhias.

Por: Luana Castro Alves Perez

Artigos relacionados

As vezes ou às vezes?

Com este artigo você vai aprender as diferenças entre as expressões “as vezes” e “às vezes”. Vamos lá?

Bastante ou bastantes?

Conheça os casos de concordância nominal realizados pelas palavras “bastante” e “bastantes”.

Concerto ou conserto?

Saiba quais são os usos das palavras homófonas heterográficas “concerto” e “concerto” e amplie seus conhecimentos linguísticos sobre esses vocábulos.

Desse ou deste?

Aprenda mais sobre as diferenças no uso de deste e de desse. Veja exemplos e pratique com exercícios.

Emprego e concordância de “mesmo” e “próprio”

Conheça o emprego e a concordância nominal das palavras “mesmo” e “próprio” e entenda o que esses termos podem expressar nos enunciados. Você já ouviu falar dos pronomes de reforço? Os pronomes “mesmo” e “próprio” podem exercer essa função para reforçar termos com os quais se relacionam nas orações. Saiba mais aqui.

Enfim ou em fim?

Saiba quando usar os termos “enfim” e “em fim”, expressões que podem gerar muitas dúvidas por causa da semelhança fonética.

Particularidades dos advérbios “bem” e “mal”

Conheça as particularidades do grau comparativo formado pelos advérbios “bem” e “mal”.

Tão pouco ou tampouco?

Dica gramatical: afinal, qual forma está correta, tão pouco ou tampouco? Clique e confira a resposta para essa pergunta!