Enem 2020: número de participantes em salas será reduzido

Medida visa a prevenção da disseminação do coronavírus. Outras estratégias estão sendo preparadas para dias do exame.

Por: Giullya Franco
30/10/2020 18h39 , atualizado em 30/10/2020 18h57

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta semana que a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 terá um número reduzido de participantes em cada sala de aula. Essa é uma das medidas que serão tomadas para garantir mais segurança à aplicação do exame durante o período de pandemia do coronavírus.

Saiba tudo sobre o Enem 2020

O Encontro para Capacitação de Logística e Segurança do Enem 2020 foi realizado por videoconferência, no dia 27 de outubro, e contou com a participação de representantes das instituições que estão ligadas à aplicação da prova.

Com o número menor de participantes por sala, a quantidade de locais de prova deverá ser ampliada para comportar todos os inscritos. Para a edição 2020 o Enem ainda teve um aumento de cerca de 700 mil participantes inscritos.

Veja outras medidas que estão sendo planejadas pelo Inep:

  • Definição de critérios técnicos de biossegurança baseados nas recomendações dos órgãos de saúde;
  • Solicitação para que as equipes de segurança e as prefeituras auxiliem nos procedimentos de acesso aos locais de prova, para evitar aglomerações;
  • Solicitação para que estados e municípios evitem a concessão de outros eventos de grande porte no período de realização do exame;
  • Providenciar a infraestrutura necessária para garantir a presença dos participantes.

Mais: Veja o que ainda estudar para o Enem 2020

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

De acordo do Inep, alguns procedimentos para que a aplicação do Enem possa ocorrer conforme planejado já estão em andamento e outro concluídos, como as concepções e adaptações das provas destinadas às pessoas com deficiência e concepção dos materiais administrativos e instrutivos, que já estão prontos. 

Até o dia 27 de outubro o Inep também informou que 16,5% das provas já haviam sido impressas, 68% dos locais de prova já estão confirmados e todos os sistemas para controle e monitoramento da operação Enem 2020 também já foram preparados.

Veja também: Como trabalhar no Enem

Enem 2020

Para as provas da próxima edição do Enem, 5,6 milhões de participantes estão inscritos e a aplicação está prevista para ser realizada em 1.729 municípios.

As provas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Todos os participantes deverão usar, durante as provas, máscaras que cobrem a boca e o nariz.

Mais: Veja as melhores dicas para quem vai fazer o Enem

Para mais informações acesse a página do Inep.

Artigos relacionados

Veja o que fazer a cem dias para o Enem 2020

Daqui a exatamente cem dias começa o Enem 2020. Especialistas da área de educação dão oito dicas para você aproveitar ao máximo esse período antes das provas.

Como trabalhar no Enem

Saiba quem pode trabalhar no Enem e veja como ser um certificador. Entenda quais as funções do fiscal do Enem e quanto o fiscal recebe nos dias de prova.

10 aplicativos para estudar para o Enem

Veja como utilizar seu celular e escolher os melhores aplicativos para ajudar nos estudos. Entenda como os apps podem ser úteis para sua preparação ao Enem.