Partículas elementares chamadas quarks e hádrons

Murray Gell-Mann foi um importante físico americano que se interessou por diferentes tipos de estudos de diferentes áreas. Entre suas áreas de pesquisa inclui-se a Física, que, por sinal, foi onde deu sua maior contribuição. Podemos dizer que a maior contribuição de Gell-Mann foi a descoberta dos quarks, partícula encontrada no interior do átomo.

Até meados da década de 70, o número de partículas elementares descobertas e postuladas pelos físicos era imenso, então era comum para os físicos tratar essa grande quantidade de partículas como “zoológico de partículas”.

Na tentativa de simplificar a grande quantidade de partículas para que pudessem entendê-las melhor, diversos físicos tentaram descobrir relações entre essas partículas elementares, relações essas que permitiam classificá-las em menores grupos.

A partir dos estudos apresentados Gell-Mann foi possível realizar uma primeira divisão dessas partículas elementares. Após pesquisar, Gell-Mann, chamou de bárionsaquelas partículas elementares que possuíam massa igual, ou praticamente igual, e que interagia com o núcleo. De forma conjunta com os mésons, os bárions passaram a pertencer à classe dos hádrons. Por perceber tantas semelhanças entre essas partículas, Gell-Mann pôde concluir que os hádrons eram formados por outras partículas elementares, os quarks.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os quarks detectados até hoje são up, down, charm, strange, top e bottom, eles são portadores de cargas elétricas fracionárias da carga elementar. Além dessa característica semelhante com a carga elétrica, os quarks também possuem a chamada carga de cor - nome proposto por existirem três cores que quando sobrepostas se neutralizam, isto é, resultam na cor branca; as cores são: vermelho (R), azul (B) e verde (G) (as siglas entre parênteses se referem aos nomes em inglês).

Ainda hoje existem os quarks de antimatéria, que são chamados de antiquarks, eles compõem o quadro dos doze quarks previstos pela física. Os quarks sempre foram observados em grupo e compõem partículas eletricamente neutras ou de carga elétrica +e ou –e. Por esse motivo é que ainda se admite que a carga e do elétron é dita carga elementar.

Imagem conceitual de um átomo composto por prótons, nêutrons e elétrons

Imagem conceitual de um átomo composto por prótons, nêutrons e elétrons

Por: Domiciano Correa Marques da Silva

Artigos relacionados

Física de partículas

Conheça a fascinante física de partículas, um estudo sobre as partículas elementares.

Neutrinos

Saiba o que são e qual é a importância dos neutrinos, partículas que não possuem carga elétrica e que são extremamente abundantes no universo.