Associação de resistores em série

Na associação de resistores em série, a resistência equivalente é igual à soma das resistências de cada resistor, e a corrente elétrica é igual em todos os componentes.

As luzes de natal são um exemplo de associação em série. Quando uma lâmpada queima, todas as outras param de funcionar
As luzes de natal são um exemplo de associação em série. Quando uma lâmpada queima, todas as outras param de funcionar

Em um circuito elétrico, é comum encontrarmos vários dispositivos eletrônicos interligados uns aos outros e de várias formas. Entre esses dispositivos, encontramos os resistores, que são utilizados para converter energia elétrica em calor por meio do Efeito Joule.

Algumas vezes não conseguimos encontrar a resistência elétrica necessária em um circuito com apenas um resistor. Quando isso ocorre, precisamos recorrer a uma associação de resistências, que pode ser feita de duas formas: em série e em paralelo.

O foco deste texto é a associação de resistores em série, que pode ser representada da seguinte forma:

Diagrama representando uma associação de resistores em série
Diagrama representando uma associação de resistores em série

Uma característica muito importante da associação de resistores em série é que todos os resistores são percorridos pela mesma corrente elétrica. Portanto, sendo i a corrente fornecida por uma fonte de tensão conectada aos terminais A e B, podemos dizer que:

i = i1 = i2 = i3

Outra propriedade desse tipo de associação é que a tensão fornecida pela fonte divide-se entre todos os resistores. Dessa forma, podemos utilizar a expressão acima para calcular a tensão elétrica total em um circuito:

V = V1 + V2 + V3

A diferença de potencial em cada um dos resistores pode ser obtida a partir da Lei de Ohm da seguinte forma:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

V1 = R1 ? i

V2 = R2 ? i

V3 = R3 ? i

Substituindo essas expressões na equação acima, obtemos a equação para calcular a resistência equivalente da associação de resistores:

Req.i = R1 ? i + R2 ? i + R3 ? i

Como a corrente elétrica é igual em todos os resistores, podemos simplificá-la na equação e obter a expressão:

Req= R1 + R2 + R3

Podemos afirmar então que a resistência equivalente de uma associação de resistores em série é igual à soma de todas as resistências individuais.

É importante destacar que esse tipo de associação de resistores não é muito utilizado em circuitos elétricos residenciais. Isso porque se todos os aparelhos eletrônicos de uma residência estiverem em série e um deles queimar, a corrente elétrica parará de circular e nenhum dos aparelhos funcionará. É o que acontece, por exemplo, com as luzes de Natal: por elas serem conectadas em série, quando uma queima, todas param de funcionar. Como há muitas luzes juntas, é quase impossível encontrar a lâmpada queimada!


Aproveite para conferir as nossas videoaulas relacionadas ao assunto:

Por: Mariane Mendes Teixeira

Artigos relacionados

Choque e resistência elétrica

Por que tomamos choque no chuveiro elétrico?

Circuito Elétrico Simples

Entenda as características básicas de um circuito elétrico simples!

Efeito Joule

O que é o efeito Joule? Descubra como esse fenômeno pode ser observado em nosso cotidiano. Aprenda as fórmulas do efeito Joule com exercícios resolvidos.

Resistividade

A resistência elétrica de um resistor depende de fatores como temperatura, material, comprimento e área.

Resistência Elétrica

Entenda a definição de resistência elétrica, saiba quais são os fatores que a determinam e como ela pode ser calculada.