16 de outubro — Dia Mundial da Alimentação

Dia Mundial da Alimentação é uma data para conhecermos melhor os problemas relacionados com a alimentação no mundo e procurar meios de solucioná-los.

Muitas pessoas não têm acesso a alimentos de qualidade e em quantidade suficiente para suprir suas necessidades.
Muitas pessoas não têm acesso a alimentos de qualidade e em quantidade suficiente para suprir suas necessidades.

O Dia Mundial da Alimentação é celebrado em 16 de outubro e é uma data criada com a finalidade de nos fazer refletir a respeito da alimentação em nosso planeta. A cada ano, um tema relacionado aos diferentes problemas alimentares enfrentados no mundo é escolhido, e diferentes atividades são realizadas, objetivando maior visibilidade para o problema e que iniciativas para enfrentá-lo possam ser criadas.

Leia mais: Dicas para uma alimentação saudável

Resumo sobre Dia Mundial da Alimentação

  • É comemorado, todos os anos, em 16 de outubro.

  • O dia 16 de outubro foi escolhido, pois, nessa data, no ano de 1945, em Quebec, foi criada a FAO.

  • A cada ano, um novo tema é escolhido para ser trabalhado no Dia Mundial da Alimentação.

  • Atualmente, a fome é a realidade de várias pessoas em todo o mundo, situação agravada pela pandemia de covid-19.

Dia Mundial da Alimentação

O Dia Mundial da Alimentação é comemorado, todos os anos, em 16 de outubro e é uma data voltada para reflexão a respeito dos diferentes problemas alimentares enfrentados no mundo, tais como a desnutrição e a fome. Além de promover essa reflexão, a data é importante para atrair a atenção do poder público e estimular o desenvolvimento de políticas públicas que promovam soluções efetivas para esses problemas.

O dia 16 de outubro foi escolhido, pois, nessa data, no ano de 1945, em Quebec, foi criada a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), que tem como um de seus principais objetivos o combate à fome em todo o mundo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Temas do Dia Mundial da Alimentação

A cada ano, um tema específico é escolhido para ser trabalhado no Dia Mundial da Alimentação. O tema é então abordado de diferentes formas em vários países, incluindo a realização de seminários, debates e conferências. O objetivo é divulgar o problema e procurar meios de solucioná-lo.

Alguns dos temas trabalhados foram: “Segurança alimentar” (1983), “Mulheres na agricultura” (1984), “Comida para o futuro” (1990), “A luta contra a fome e a desnutrição” (1996), “Um milênio livre da fome” (2000), “A biodiversidade a serviço da segurança alimentar” (2004), “O clima está mudando: a alimentação e a agricultura também” (2016), e “Cultivar, alimentar, preservar. Juntos. As nossas ações são o futuro!” (2020).

Alimentação no planeta na atualidade

Vivemos em um mundo de extremos, com pessoas tendo acesso a uma alimentação rica e diversificada e outras não tendo acesso ao básico. Enquanto algumas pessoas sofrem com problemas como obesidade desencadeada por uma alimentação exagerada e inadequada, outras sofrem com a desnutrição extrema. Esse quadro triste se acentua mais ainda diante de momentos de crise econômica, como a enfrentada atualmente.

Em 2020, iniciamos uma luta contra um vírus que causou a morte de milhares pessoas em todo o planeta. A covid-19, além de uma grave crise na saúde pública mundial, provocou uma grave crise econômica, que agravou o quadro da fome em todo o planeta. De acordo com a Unicef, um relatório de várias agências estima que cerca de um décimo da população global até 811 milhões de pessoas enfrentou a fome em 2020.

Quando falamos em fome, mais da metade de todas as pessoas enfrentando o problema vive na Ásia, seguido da África e depois América Latina e Caribe. No Brasil, a fome também se alastra, sendo estimado que cerca de 19 milhões de brasileiros enfrentam essa triste situação, resultado, entre outros fatores, do desemprego e da inflação, que puxaram muitas pessoas para a linha da extrema pobreza. Vale salientar, no entanto, que a pandemia somente agravou a situação brasileira, que já mostrava um aumento da pobreza.

Leia mais: Pobreza no Brasil — motivos se relacionam com a histórica e crescente desigualdade social no país

Alimentação saudável

Sanduíche e nachos em cima de mesa de madeira
Para alimentar-se bem, é importante não se focar em quantidade e sim em qualidade. Evite alimentos ricos em sal, gordura e açúcares.

Uma alimentação saudável é aquela que, adequadamente, garante ao seu corpo todos os nutrientes de ele que precisa. Dessa forma, não é necessário comer muito, e sim saber se alimentar bem, fornecendo ao seu organismo alimentos diversos e ricos em nutrientes.

Uma alimentação saudável, infelizmente, não é realizada por todas as pessoas. Como salientado, nem todos têm acesso a alimentos nutritivos, de qualidade ou na quantidade de que necessitam. De acordo com a FAO, mais de três bilhões de pessoas não podem pagar por uma dieta saudável.

Algumas pessoas, no entanto, têm acesso a alimentos diversos, mas fazem escolhas pouco saudáveis, optando, por exemplo, por alimentos ricos em sódio, açúcares e gorduras. Para se ter uma alimentação saudável, é importante apostar em alimentos in natura ou minimamente processados e reduzir o consumo de gorduras, açúcares e sal.

Além disso, é importante o investimento em políticas públicas que garantam que toda população tenha acesso a uma alimentação de qualidade, de maneira regular e permanente e em quantidade suficiente. Vale salientar que o direito à alimentação é garantido por lei. Segundo a lei nº 11.346, de 15 de setembro de 2006:

“A alimentação adequada é direito fundamental do ser humano, inerente à dignidade da pessoa humana e indispensável à realização dos direitos consagrados na Constituição Federal, devendo o poder público adotar as políticas e ações que se façam necessárias para promover e garantir a segurança alimentar e nutricional da população.”

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Alimentação Saudável

Como alimentar-se melhor, dicas de alimentação saudável, como se alimentar melhor na época do vestibular, alimentos que devem ser evitados, alimentação balanceada, igestão de líquidos.

COVID-19

Conheça mais sobre a COVID-19 e aprenda quais são os seus sintomas e como se proteger dessa doença, que já levou várias pessoas à morte.

Desigualdade social

Entenda o que é, como funciona e o que causa a desigualdade social por meio desta análise.

Desnutrição

Entenda o que é desnutrição, um problema de saúde que acomete principalmente pessoas de baixa renda e leva várias crianças à morte todos os anos.

Dicas para uma alimentação saudável

Veja algumas dicas para uma alimentação saudável e melhore sua qualidade de vida.

Obesidade

Vamos entender melhor o que é a obesidade? Clique aqui e aprenda mais sobre esse importante problema de saúde que acomete milhões de pessoas.