Tecido conjuntivo

O tecido conjuntivo é caracterizado pela presença de células, de diversos tipos, na matriz - material este sintetizado por algumas delas. Ela é formada por uma região denominada substância fundamental amorfa e fibras proteicas.

Funções como proteção, sustentação, nutrição, defesa e preenchimento são atribuídas a este tecido, classificado em tecido conjuntivo propriamente dito e em tecidos conjuntivos especiais.

Tecido conjuntivo propriamente dito:

É subdividido em tecido propriamente dito frouxo e denso. O primeiro, de aspecto viscoso, é o mais frequente em nosso corpo, e preenche espaço entre tecidos; nutre células, envolve nervos, músculos e vasos; auxilia no processo de cicatrização e protege contra substâncias e organismos estranhos. Possui três tipos de fibras: colágenas, elásticas e reticulares.

O tecido denso pode ser modelado ou não modelado, de acordo com a disposição das fibras colágenas e células denominadas fibroblastos. O primeiro está presente em tendões e o segundo, na derme.

Tecidos conjuntivos especiais:

São quatro os representantes deste grupo:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O tecido ósseo exerce função de sustentação e funciona como um reservatório de cálcio. Rico em vasos sanguíneos, regenera-se com facilidade. Pode ser compacto ou esponjoso, macroscopicamente falando.

O tecido adiposo possui células com vacúolos de gordura, denominadas adipócitos. Estas armazenam energia, em momentos de indisponibilidade de glicose, protegem órgãos, funcionam como isolantes térmicos e produzem uma gama de hormônios, como a leptina: o hormônio antiobesidade.

O cartilaginoso é firme e possui certa maleabilidade. Sustenta, reveste e auxilia o crescimento de alguns ossos. Não é irrigado e está presente na moleira (em bebês), nariz, epiglote, dentre outros locais.

Finalmente, o tecido hematopoiético é responsável pela formação de plaquetas, glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e linfócitos, esses últimos responsáveis pela defesa imunitária. É encontrado na medula óssea, em alguns ossos e em órgãos linfáticos.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

Tendão: tecido conjuntivo denso modelado.

Tendão: tecido conjuntivo denso modelado.

Por: Mariana Araguaia

Artigos relacionados

Fraturas

Entenda o que são fraturas, seus tipos e como ocorre a sua cicatrização.

Interstício

Descubra o que é interstício, o novo órgão descoberto em 2018 por patologistas da Universidade de Nova York. Entenda como foi encontrada essa estrutura e por que antes era considerada um tecido conectivo e não havia sido descrita. Conheça a função desse órgão e a importância dessa descoberta para a medicina.

Mesentério

Saiba mais sobre o mesentério, uma estrutura do nosso corpo que foi reclassificada em 2016 e passou a ser considerada um órgão.

Níveis de organização do corpo humano

Compreenda quais são os níveis de organização do corpo humano e aprenda as diferenças entre cada um deles.

Sangue

O sangue é um tipo de tecido conjuntivo. Conheça quais são seus componentes e qual é a sua função em nosso corpo.

Tecido adiposo

Tipo especial de tecido conjuntivo, encontrado principalmente sob a pele.

Tecido cartilaginoso

Entenda as principais características do tecido cartilaginoso e conheça os tipos de cartilagem.

Tecido epitelial

Conheça as características e disposição das células do tecido epitelial, além da localização deste.

Tecido muscular

Conheça a disposição das fibras musculares em cada tipo deste tecido e os órgãos onde se localizam.

Tecido nervoso

tecido nervoso, origem do tecido nervoso, os neurônios, as células da glia, como são formados os neurônios, os dendritos, o axônio,a estrutura do neurônio.

Tecido ósseo

Conheça as principais características do tecido ósseo, como as células que apresenta e os tipos existentes!

Tipos de tecidos humanos

Conheça os quatro tipos de tecidos humanos existentes, suas características e seus subtipos.