Brócolis

Brócolis são hortaliças ricas em nutrientes e que trazem uma série de benefícios ao organismo. O brócolis pertence à família das Brassicaceae e é originário do Mediterrâneo.

O brócolis (Brassica oleracea var. Italica), hortaliça originária do Mediterrâneo, pertence à classe Magnoliopsida, ordem Capparales e família Brassicaceae (Cruciferaceae). No Brasil, além do brócolis, são conhecidas e consumidas outras espécies da família Brassicaceae, como a couve-flor e o repolho.

Tipos de brócolis

O brócolis tem sua maior produtividade alcançada em locais com clima mais ameno. Entretanto, atualmente, encontramos cultivares (espécies melhoradas pelo homem) adaptados a outras localidades. Assim, o brócolis pode ser classificado de duas formas:

  • Brócolis de verão: cultivares adaptados a localidades com clima mais quente;

  • Brócolis de inverno: cultivares de regiões com clima ameno, visto que sua produtividade é prejudicada em temperaturas elevadas.

Existem também os cultivares híbridos, que podem ser cultivados em localidades tanto de clima ameno quanto de clima quente. É importante destacar que mesmo os cultivares de verão devem ter sua colheita evitada em horários muito quentes para que se preservem suas características.

Além dessa classificação dos brócolis conforme o clima, podemos classificá-los de acordo com as características de suas inflorescências (ramos que contêm flores). Assim, podemos classificar os brócolis de duas maneiras:

  • Brócolis tipo “cabeça” ou “inflorescência única”: é caracterizado principalmente por apresentar uma inflorescência central, compacta, de cor verde-escura e granulação fina;

  • Brócolis tipo “ramoso”: é caracterizado principalmente por apresentar inflorescências laterais, também de coloração verde-escura.

Leia também: Dicas para uma alimentação saudável

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tabela nutricional do brócolis

Atualmente, tem-se observado um aumento no consumo de brócolis. Isso se deve ao fato de o brócolis apresentar um alto teor nutritivo, além de propriedades antivirais, antibacterianas e anticancerígenas. Apresentamos, a seguir, uma tabela com alguns nutrientes presentes no brócolis. Os valores dispostos estão presentes em 100 gramas de inflorescência.

Nutrientes

Valores presentes em 100 g

Vitamina A

350 μg

Vitamina B

54 μg

Vitamina B2

350 μg

Vitamina C

82,7 mg

Potássio

325 mg

Cálcio

400 mg

Magnésio

25 mg

Ferro

15 mg

Pragas

Em geral, as brássicas (vegetais florais, como couve-flor, brócolis, repolho) possuem diversas pragas que podem causar problemas, como a deformação de folhas até a destruição de toda a lavoura, sendo essa causada por uma das pragas mais severas, a traça-das-crucíferas — Plutella xylostella (L.). Além da traça-das-crucíferas, podemos destacar também pragas como lagartas, pulgões, fungos, vírus, entre outras.

A traça-das-crucíferas é uma das pragas mais perigosas, podendo causar severas perdas em cultivos.
A traça-das-crucíferas é uma das pragas mais perigosas, podendo causar severas perdas em cultivos.

Essas pragas são causadoras de diversas doenças. Para exemplificar, podemos citar o míldio das brássicas, doença causada pelo fungo Hyaloperonospora parasitica. Esse fungo pode iniciar a infecção ainda nos cotilédones (primeiras folhas que surgem no embrião) e espalhar-se por toda a planta. Dentre as características dessa doença, podemos destacar a presença de manchas nas folhas, que evoluem para lesões, além de lesões nas inflorescências.

Leia também: Importância dos fungos

Importância econômica

Devido ao seu alto valor nutritivo, o brócolis tem apresentado um aumento significativo em seu consumo. Além disso, o consumo do brócolis ocorre praticamente por completo, o que torna vantajosa a sua comercialização. Embora a sua produtividade seja maior em climas amenos, nada impede que seja produzido em outras localidades, até mesmo pelo fato da existência dos cultivares de verão e dos cultivares híbridos.

O brócolis pode ser consumido de diversas formas. Suas folhas podem ser utilizadas, por exemplo, no preparo de sopas.
O brócolis pode ser consumido de diversas formas. Suas folhas podem ser utilizadas, por exemplo, no preparo de sopas.

Como preparar o brócolis?

O brócolis pode ser ingerido de diversas maneiras: crus (em saladas), refogados, assados. Podem também ser utilizados em recheios de tortas e salgados. No entanto, o brócolis possui substâncias que atrapalham a absorção de iodo, além de não ser indicado para o consumo cru por pessoas que apresentam problemas renais. Além disso, o brócolis, quando assado, tem sua acidez aumentada, podendo causar problemas dentários, se consumido dessa forma com frequência.

Assim, a melhor forma de se preparar o brócolis, evitando os problemas citados, é ingeri-lo cozido. Para isso, deve-se cozinhá-lo no vapor ou em micro-ondas, para preservar suas propriedades. Vale destacar que praticamente todas as partes do brócolis podem ser aproveitadas na alimentação.

O brócolis é uma hortaliça com alto valor nutritivo, além de apresentar propriedades antivirais, antibacterianas e anticancerígenas.

O brócolis é uma hortaliça com alto valor nutritivo, além de apresentar propriedades antivirais, antibacterianas e anticancerígenas.

Por: Helivania Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Fungos

Os fungos são organismos eucariontes, uni ou multicelulares (leveduras ou fungos filamentosos, respectivamente), e de nutrição heterotrófica por absorção.

Importância dos fungos

Veja aqui qual a importância dos fungos para o homem e para a natureza.

Vírus de plantas

Vírus de plantas, Material genético, Molécula de RNA, Envelope lipoprotéico, Membrana plasmática, Célula hospedeira, Mosaico do tabaco, Wendel Stanley, Manchas foliares, Microscopia eletrônica, Transmissão virótica, Difusão mecânica.

Dicas para uma alimentação saudável

Veja algumas dicas para uma alimentação saudável e melhore sua qualidade de vida.