Viva Mafalda!

Em 2014, a personagem Mafalda, do cartunista Quino, completa cinquenta anos de existência. Conhecida em todo o mundo, a menina argentina continua atual, e seu discurso, coerente.

Quem não conhece a menina argentina de laço vermelho na cabeça e suas perguntas desconcertantes? Celebre com a gente os cinquenta anos de Mafalda
Quem não conhece a menina argentina de laço vermelho na cabeça e suas perguntas desconcertantes? Celebre com a gente os cinquenta anos de Mafalda

No ano de 2014, comemoramos o aniversário de uma personagem muito especial. Mafalda, a esperta menininha argentina, completa cinquenta anos! Ela é conhecida em todo mundo por suas tiradas geniais e por sua rebeldia. Provavelmente, você já deve ter se “encontrado” com ela por aí, pois as tirinhas são frequentemente utilizadas em provas de concursos e vestibulares. Relembre com a gente os cinquenta anos de Mafalda!

Em 1962, o cartunista Joaquín Salvador Lavado fez sua primeira experiência com a personagem que o consagraria anos depois. Mafalda foi criada para ilustrar a publicidade de uma marca de eletrodomésticos, contudo, o projeto não seguiu em frente e sua estreia para o mundo foi adiada. Dois anos depois, em 1964, finalmente Mafalda ganhou vida nas páginas da revista Leoplán, mas foi em 1965, quando passou a ser publicada diariamente no jornal Mundo, da capital argentina, Buenos Aires, que a personagem ganhou projeção nacional e consagrou seu criador como um dos mais importantes humoristas gráficos do país. Em 1967, o jornal faliu, então as tirinhas passaram a ser publicadas no semanário Siete Dias Ilustrados. O sucesso já estava consolidado, Mafalda já havia se transformado em ícone de uma geração e, apesar de todo reconhecimento de público e crítica, em 1973, Quino decidiu que era hora de parar de desenhar a menininha rebelde e inconformista, pois diante da exigência da publicação para que o desenhista entregasse os quadrinhos com antecedência, ele não mais poderia comentar os assuntos do dia a dia, principal característica do discurso de Mafalda.

Mafalda não estava sozinha, seus principais interlocutores eram seus amigos Felipe, Manolito, Susanita, Liberdade e seu irmão, Guille. Sua tartaruga de estimação foi curiosamente batizada de “Democracia”, pois, assim como a democracia, “era lenta em tudo” (note aí a fina ironia de Quino). Com a ajuda dessa turma, ela discutia problemas sociais e políticos em uma época em que a liberdade de expressão estava sob forte censura, já que a Argentina vivia momentos sombrios de uma implacável Ditadura Militar. Cultura e comportamento também eram contemplados sob o olhar irônico da garota idealista e sincera que nunca se calou diante das respostas insatisfatórias que os adultos lhe ofereciam. Mafalda era uma espécie de porta-voz de seu criador e seu discurso continua atual e facilmente aplicado aos dias de hoje. Para comemorar com a gente, selecionamos algumas tirinhas para você ler, divertir-se e, principalmente, refletir. Boa leitura!

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Com perguntas desconcertantes, Mafalda nunca estava satisfeita com as respostas que os adultos ofereciam
Com perguntas desconcertantes, Mafalda nunca estava satisfeita com as respostas que os adultos ofereciam

Com sua fina ironia, Quino discutia problemas sociais e políticos através de sua porta-voz, a menina Mafalda
Com sua fina ironia, Quino discutia problemas sociais e políticos através de sua porta-voz, a menina Mafalda

Mafalda é famosa em vários países, o que levou seu criador à lista dos dez argentinos mais famosos do século 20
Mafalda é famosa em vários países, o que levou seu criador à lista dos dez argentinos mais famosos do século 20

O discurso anticonformista de Mafalda continua atual e suas perguntas, em sua maioria, sem respostas
O discurso anticonformista de Mafalda continua atual e suas perguntas, em sua maioria, sem respostas

Por: Luana Castro Alves Perez

Artigos relacionados

História em quadrinhos

A história em quadrinhos retratada de acordo com as características que a demarcam. Clique, pois!

Inferências linguísticas

Clicando, descobrirá acerca do verdadeiro sentido que se atribui às inferências linguísticas, demarcadas no espaço que você irá compartilhar a partir de agora!

Texto e discurso: diferenças que os demarcam

Conheça, por meio de apenas um clique, as diferenças que demarcam o texto e o discurso.