Gênero de alguns substantivos

O gênero dos substantivos nos faz pensar nas muitas flexões atribuídas a esta classe gramatical. Sabemos, pois, que tais flexões fazem referência ao grau (aumentativo e diminutivo), número (singular e plural) e, por fim, ao gênero (masculino e feminino).

Assim, partindo do pressuposto de que para muitas palavras há uma forma para o feminino e outra para o masculino, o artigo em questão tem por prioridade ressaltar alguns casos que por vezes nos causam dúvida, sobretudo os relacionados àqueles substantivos em que tal diferenciação se dá somente por meio de um determinante, ou seja, por um artigo. Dessa forma, constatemos algumas elucidações a seguir, as quais ampliarão nosso conhecimento nesse sentido. Portanto, devemos dizer:

O alface ou a alface?
A ALFACE, visto que este substantivo pertence à forma feminina.

O omelete ou a omelete?

No que tange a este caso, torna-se relevante ressaltar as diferenças demarcadas entre alguns dicionários, uma vez que o Aurélio registra “a omelete”, enquanto que o Houaiss e o VOLP (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa) consideram omelete como um substantivo comum de dois gêneros. Desse modo, as duas formas são consideradas corretas. 

O chinelo ou a chinela?

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As duas formas são consideradas corretas, no entanto, optemos pela forma mais usual: O CHINELO.

O cal ou a cal?

Conveniente é dizermos A CAL, visto que o referido substantivo integra a forma feminina.

O guaraná ou a guaraná?

Tendo em vista que guaraná é um substantivo masculino, o correto é utilizarmos O GUARANÁ.

O dó ou a dó?

Ah! Sempre ouvimos por aí que “fulano está com uma dó”...
Engano de quem isso profere, uma vez que a forma adequada é no masculino, ou seja, O DÓ.

O musse ou a musse?

Com base nos dicionários Aurélio e Houaiss, uma vez que esses concebem tal substantivo como feminino, devemos dizer “A MUSSE”.

O êxtase ou a êxtase?

Partindo do pressuposto de que êxtase é uma palavra masculina, cumpre dizer que o correto é O ÊXTASE.

O diabete ou a diabete?

Tendo em vista que diabete ou diabetes é um substantivo comum de dois gêneros, tanto faz. Dessa forma, podemos dizer O DIABETE, A DIABETE, A DIABETES, O DIABETES.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

O gênero de alguns substantivos faz referência à forma que assumem: ora no masculino, ora no feminino

O gênero de alguns substantivos faz referência à forma que assumem: ora no masculino, ora no feminino

Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

Artigos relacionados

Grau dos substantivos

Atenha-se às características que demarcam este fato linguístico!

O gênero dos substantivos

Apreenda acerca de sua principais características!

Os substantivos e sua flexão de número

Atenha-se a algumas peculiaridades a eles inerentes!

Substantivo

Aprenda mais sobre o substantivo e suas classificações. Veja como funcionam suas variações de gênero, número e grau. Resolva os exercícios sobre o tema.

Substantivo primitivo

Entenda o que são substantivos primitivos e aprenda com exemplos. Descubra a diferença entre substantivos primitivos e derivados.

Substantivos comuns de dois gêneros

Saiba mais sobre Gramática: entenda o que são os substantivos comuns de dois gêneros!

Substantivos heterossêmicos

Atenha-se às particularidades que os demarcam!

Substantivos sobrecomuns

Curiosidades da língua portuguesa: Você sabe o que são os substantivos sobrecomuns? Clique e confira!