Frase - Oração - Período - Alguns componentes do processo comunicativo

Sabemos que a língua possui um caráter eminentemente social, e para que a comunicação se efetive de maneira satisfatória, é necessário que o falante domine as estruturas linguísticas por ela oferecidas.

Para tal, é necessário que ele possua a habilidade de combinar as palavras de modo que as mesmas proporcionem o entendimento por parte do interlocutor.

Assim sendo, vejamos os seguintes enunciados:

Que belas garotas!
Preciso de sua ajuda hoje.
Para que possamos ter êxito na vida, é necessário muito esforço.


Perante os mesmos, notamos que há intencionalidades discursivas divergentes, ou seja, para cada ato comunicativo há também um objetivo que se pretende alcançar com a mensagem.

A primeira trata-se de um elogio, um comentário, despertando o leitor para algo, na segunda há um apelo, um pedido, e a terceira já possui um perfil mais argumentativo, no sentido de persuadir o leitor a respeito de um determinado assunto.

Quanto à estrutura, notamos que o primeiro enunciado não possui nenhum verbo, porém a comunicação foi estabelecida normalmente. Daí denomina-se o que chamamos de frase nominal, pois se refere somente a nomes, sem a presença de verbos.

O outro já possui um verbo, que é “precisar”, trata-se, portanto, de uma oração, pois a mesma é constituída por um sujeito oculto (Eu), e por um predicado - preciso de sua ajuda hoje.

Já o terceiro apresenta mais de um verbo, isto é, o verbo poder (possamos), o ter (na sua forma infinitiva) e o ser (é).

Vejamos outros exemplos:

Márcia adorou o passeio de barco.
A ignorância e o desrespeito são atitudes abomináveis.
Os alunos chegaram ansiosos para a prova.



Desta feita, quando o contexto linguístico apresentar mais de um verbo, estamos diante de um período. Note:

Estou à espera das avaliações, porém não me sinto muito confiante.
Caso você consiga sair mais cedo, espere-me no portão.
Hoje não estou me sentindo muito bem, preciso descansar um pouco.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Cada enunciado comunicativo se estrutura de forma diferente

Cada enunciado comunicativo se estrutura de forma diferente

Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

Artigos relacionados

Casos referentes a sujeito oracional - como se dá a concordância?

Aprimore seu conhecimento em relação a esse assunto!

O período composto por subordinação e o uso da vírgula

Constate acerca das características que norteiam tal ocorrência.

Os adjuntos adverbiais

Conheça um pouco mais sobre suas características e como se classificam!

Pronomes de tratamento

Neste artigo você vai encontrar tudo sobre os pronomes de tratamento, usados para designar as formas de tratamento entre os interlocutores.

Pronomes interrogativos

Leia este artigo e saiba tudo a respeito dos pronomes interrogativos, que são utilizados para introduzir os enunciados interrogativos.

Silepse: a concordância ideológica

Leia este artigo e saiba tudo sobre a concordância ideológica, conhecida como silepse de número, gênero ou pessoa.

Tempos e modos relacionados ao verbo

Amplie seus conhecimentos sobre esta complexa classe gramatical

Termo acessório da oração - o adjunto adnominal

Amplie seus conhecimentos sobre a classificação do adjunto adnominal.

Uso dos porquês

Tem problemas com o uso dos porquês? Tire suas dúvidas e deixe no passado o emprego equivocado dessas palavras!