Dígrafo

Dígrafo é o uso de duas letras para representar a escrita de um único fonema. Ele pode ser consonantal ou vocálico e é muito comum na língua portuguesa.

O uso de duas letras para representar graficamente um único fonema é chamado de dígrafo.
O uso de duas letras para representar graficamente um único fonema é chamado de dígrafo.

Os dígrafos ocorrem na língua portuguesa quando duas letras são usadas para representar, na escrita, um único som. Os dígrafos podem ser consonantais ou vocálicos, dependendo do som que representam.

Leia também: O que é tritongo?

Resumo sobre dígrafo

  • Dígrafo é o uso de duas letras para representar, na escrita, um fonema, ou seja, um som que não pode ser representado tradicionalmente por uma letra sozinha.

  • Os dígrafos podem ser consonantais ou vocálicos, a depender do tipo de som que representam (sons de consoantes ou sons de vogais).

  • Os dígrafos não devem ser confundidos com encontros consonantais: dígrafos representam um único fonema e podem ser compostos por vogais e consoantes; encontros consonantais são compostos apenas de consoantes e representam mais de um fonema.

O que é dígrafo?

Dígrafo é o uso de duas letras para representar na escrita um único som (fonema), o qual não pode ser representado por apenas uma letra. Os dígrafos podem representar sons de consoantes (dígrafo consonantal) ou de vogais (dígrafos vocálicos).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Videoaula sobre fonema, letra e dígrafo

Dígrafo consonantal

Os dígrafos consonantais representam sons associados a consoantes.

  • CH: chá, chicote, machado.

  • NH: cozinha, inhame, reizinho.

  • LH: galho, lhama, envelhecer.

  • RR: birra, marrom, berrar.

  • SS:ssaro, antissocial, assimetria.

  • GU: caranguejo, banguela, guilhotina.

  • QU: queijo, benquisto, quitanda.

  • SC, e XC entre vogais e com som de /s/: consciência, dea, exceção.

Atenção! Os dígrafos são escritos com mais de uma letra, mas representam um único som. Portanto, no caso dos dígrafos “GU” e “QU”, a letra “U” não é pronunciada. Quando a letra “U” for pronunciada, não se trata mais de dígrafo.

Exemplos:

Na palavra “Guilherme”, a sílaba “Gui” apresenta dígrafo, já que um único som é representado pelo dígrafo “GU”.

Na palavra “linguiça”, a sílaba “gui” não apresenta dígrafo, já que a letra “G” representa um som e a letra “U” representa outro som, separadamente.

Leia também: Como classificamos as consoantes?

Dígrafo vocálico

Os dígrafos vocálicos representam sons associados a vogais, especificamente vogais nasalizadas e que, para tanto, precisam das letras “M” ou “N” para indicar a nasalização.

  • AM, AN: falam, tanto.

  • EM, EN: tempo, vento.

  • IM, IN: timbre, tinta.

  • OM, ON: pomba, monge.

  • UM, UN: comum, mundo.

Diferença entre dígrafo e encontro consonantal

Enquanto o dígrafo é o emprego de duas letras (consoantes ou vogais) para representar um único som (fonema), o encontro consonantal é o encontro de dois sons consonantais em sequência, sendo representado também por duas consoantes diferentes. Veja:

  • Passo: duas letras, um fonema (/s/).

  • Pasto: duas consoantes, dois fonemas (/s/ e /t/).

Exercícios resolvidos sobre dígrafo

Questão 1 - (Funrio)

Texto para a questão:

“Quando é verdadeira, quando nasce da necessidade de dizer, a voz humana não encontra quem a detenha. Se lhe negam a boca, ela fala pelas mãos, ou pelos olhos, ou pelos poros, ou por onde for. Porque todos, todos, temos algo a dizer aos outros, alguma coisa, alguma palavra que merece ser celebrada ou perdoada pelos demais.”

Galeano, E. Celebração da voz humana/2. In: ___. O livro dos abraços. L & PM, 1991. p. 23 (fragmento)

No termo “necessidade”, destacado do trecho “quando nasce da necessidade de dizer”, temos um dígrafo. Assinale a opção que apresenta as palavras nela citadas contendo dígrafos.

A) Olhos, humana.

B) Celebrada, lhe.

C) Nasce, palavra.

D) Detenha, quem.

E) Porque, perdoada.

Resolução

Alternativa D. Há dígrafo em “detenha” e “quem”.

Questão 2 – (Funrio) Qual dos provérbios abaixo está acompanhado da correta identificação de dígrafos e encontros consonantais?

A) Quem semeia vento colhe tempestade — quatro dígrafos e dois encontros consonantais.

B) Mais vale um pássaro na mão do que dois voando — quatro dígrafos e nenhum encontro consonantal.

C) Em terra de sapo, mosquito não dá rasante — três dígrafos e dois encontros consonantais.

D) Farinha pouca, meu pirão primeiro — dois dígrafos e um encontro consonantal.

E) Quanto mais eu rezo, mais assombração me aparece — quatro dígrafos e dois encontros consonantais.

Resolução

Alternativa B. Dois dígrafos vocálicos (em vermelho) e dois dígrafos consonantais (em azul): Mais vale umssaro na mão do que dois voando.

Por: Guilherme Viana

Artigos relacionados

As letras "G" e "J" - empregando-as corretamente

Amplie seus conhecimentos em relação a este fato linguístico!

Cedilha

Clique aqui e aprenda mais sobre o sinal da cedilha. Descubra o que ela significa e qual é sua origem. Saiba também se ela pode ser considerada um acento.

Classificação das palavras quanto ao número de sílabas

Leia este artigo e saiba mais sobre a classificação das palavras quanto ao número de sílabas, isto é, em monossílabas, dissílabas, trissílabas e polissílabas.

Consoantes

Leia este artigo sobre as consoantes da Língua Portuguesa e amplie seus conhecimentos sobre esses fonemas.

Ditongo

Aprenda sobre como se estrutura o encontro vocálico conhecido como ditongo e saiba quais são as suas classificações.

Empregando corretamente a letra "X"

Confira algumas de suas características!

Encontros vocálicos e Encontros consonantais

Interaja-se com as características que a eles se referem!

Fonemas

Neste artigo você vai aprender tudo sobre os fonemas, as menores unidades sonoras das palavras de uma língua. Vamos lá?

O emprego do "h"

Atenha-se a alguns pressupostos quanto ao emprego desta letra!

O que é tritongo?

Saiba o que é tritongo e conheça a estrutura desse encontro vocálico que ocorre em uma mesma sílaba.

Sílaba e Divisão silábica

Atenha-se a algumas peculiaridades que a elas se relacionam!

Vogais

Leia este artigo e aprenda tudo sobre as Vogais e sua relevância para a formação das sílabas e palavras da nossa língua.