Papai Noel

O Papai Noel é uma personagem-símbolo do Natal, a festa cristã em que se comemora o nascimento de Cristo. Papai Noel é um velhinho barrigudo e barbudo que distribui presentes para as crianças na véspera de Natal. Acredita-se que esse personagem formou-se por diferentes influências, tanto cristãs quanto pagãs.

Acesse também: Você sabe quando surgiu o Halloween?

De onde veio o Papai Noel?

O Papai Noel é uma das figuras mais simbólicas do período natalino, e dele as crianças esperam presentes toda véspera de Natal. A imagem atual que temos do Papai Noel, como veremos, consolidou-se já em tempos modernos, mas, ainda assim, essa figura possui origens históricas cristãs e não cristãs, que serão abordadas neste texto.

  • Influências cristãs

São Nicolau é a grande influência para o surgimento da figura do Papai Noel.[1]
São Nicolau é a grande influência para o surgimento da figura do Papai Noel.[1]

Atribui-se a origem histórica do Papai Noel a um personagem cristão: São Nicolau de Mira. Conhecido também por Nicolau Taumaturgo, ele foi um abade grego que morou na Ásia Menor (atual Turquia), entre os séculos III d.C. e IV d.C. São Nicolau ficou conhecido por ser muito generoso.

São Nicolau era de uma família muito rica, e, após o falecimento de seus pais, ele herdou toda a riqueza de sua família, passando a fazer uso dela para ajudar aqueles que mais precisavam. Uma das passagens mais conhecidas das obras de São Nicolau conta de quando ele socorreu três jovens que, por pertencerem a uma família pobre, não teriam condições de casar-se.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Isso relegaria elas a uma vida de escravidão ou prostituição. Para evitar que isso acontecesse, São Nicolau doava sacos com moedas, deixando-as na casa em que elas moravam, sorrateiramente, para que pudessem casar-se. O dinheiro era jogado na casa das três jovens durante a madrugada, e o pai delas só descobriu quem era o benfeitor na terceira vez que São Nicolau apareceu para fazer a boa obra.

A São Nicolau também foram atribuídos milagres, os quais, com as obras de caridade, fizeram com que ele fosse canonizado e reconhecido como santo, tanto na Igreja Católica quanto na Igreja Ortodoxa. É considerado protetor das crianças, patrono dos marinheiros e é padroeiro da Grécia, Noruega e Rússia.

A forma como São Nicolau é retratado na tradição ortodoxa, por exemplo, é bastante semelhante à forma moderna como o Papai Noel é conhecido: um velhinho de barba branca que usa vestimentas da cor vermelha. A fama de caridoso de São Nicolau fez com sua imagem como doador de presentes se espalhasse pela Europa cristã.

  • Influências pagãs

As possíveis influências pagãs na construção da figura do Papai Noel são controversas, uma vez que há aqueles que acreditam que ele deriva totalmente de São Nicolau. De toda forma, muitos acreditam que a cultura nórdica deu a sua contribuição para o surgimento da figura do Papai Noel, e essa influência teria relação com o Jól (Yule).

Esse era um festival realizado pelos nórdicos no solstício de inverno, portanto, em período similar ao que é realizado o Natal cristão. Conta-se que, na região norte da Europa, era costume colocar-se botas próximo das chaminés para que Odin (Wotan, para os germânicos) depositasse presentes para as crianças.

A crença teria permanecido com a cristianização desses locais, e as botas tornaram-se meias, como é comum na tradição moderna do Papai Noel. Acreditava-se que Odin traria os presentes cavalgando pelos céus com Sleipnir, seu cavalo de oito patas, o que seria um paralelo com o Papai Noel e as suas renas.

Essas semelhanças fazem muitos acreditar que os mitos nórdicos foram aculturados e absorvidos na tradição natalina durante o processo de cristianização do norte da Europa.

Acesse também: Quando surgiu o Corpus Christi?

Papai Noel moderno

A figura moderna do Papai Noel só começou a ganhar seus contornos definitivos a partir do século XIX.
A figura moderna do Papai Noel só começou a ganhar seus contornos definitivos a partir do século XIX.

A modernização da história do Papai Noel tem relação direta com a chegada da crença de São Nicolau à América do Norte. Isso aconteceu em meados do século XVIII, quando imigrantes holandeses levaram a crença do Sinterklaas (São Nicolau para os holandeses) ao atual território dos Estados Unidos, no século XVIII.

No século XIX, a figura do Sinterklaas transformou-se no Papai Noel, sobretudo quando um poema de Clement Clarke Moore foi publicado em 1823. O poema tinha o nome de A visit from Saint Nicholas (“Uma visita de São Nicolas”, em uma tradução livre), embora seja popularmente conhecido como Twas the night before Christmas (“É véspera de Natal”, também em tradução livre).

Esse poema contribuiu significativamente para que a imagem do Papai Noel fosse construída e consolidada nos Estados Unidos, e de lá se espalhou pelo mundo. O Papai Noel ganhou sua imagem atual na década 1930, quando campanhas de publicidade da Coca-Cola consolidaram-no como um velhinho barrigudo, barbudo e que usa roupas vermelhas. Essa imagem usada na peça publicitária da Coca-Cola inspirou-se em uma caricatura feita por Thomas Nast, em 1863.

Créditos da imagem

[1] jorisvo e Shutterstock

Por: Daniel Neves Silva

Artigos relacionados

25 de dezembro - Natal

Conheça a História do Natal e porque ele passou a ser comemorado no dia 25 de dezembro.

História da Páscoa

Conheça a História da Páscoa e sua importância para a cultura ocidental!

A História do Cristo Redentor

Um pouco sobre a construção do principal monumento brasileiro.

Cisma do Oriente: as diferenças entre a Igreja Romana e a Ortodoxa

Conheça os motivos que deflagraram o Cisma do Oriente e as diferenças culturais entre a Igreja Romana e a Ortodoxa.

Trégua de Natal na Primeira Guerra

Saiba mais sobre a chamada Trégua de Natal na Primeira Guerra, que ocorreu em 1914, primeiro ano do conflito.