Período Homérico

O Período Homérico da Grécia Antiga leva esse nome por estar associado ao poeta Homero, ao qual são atribuídas as obras que descreveram a formação da cultura grega.

Ao poeta grego Homero é atribuída a autoria de duas obras épicas que se tornaram a principal fonte para a formação do homem grego
Ao poeta grego Homero é atribuída a autoria de duas obras épicas que se tornaram a principal fonte para a formação do homem grego

É sabido que as primeiras civilizações que floresceram na região da Península Balcânica, às margens do Mar Egeu, foram as civilizações cretense e micênica. Tais civilizações, que possuíam uma forma de organização palaciana, isto é, centrada em torno dos palácios reais, passaram a ser desarticuladas por volta de 1400 a.C. Esse desmantelamento ocorreu sobretudo pela ação dos povos indo-europeus advindos das ondas migratórias que se instalaram na região sul da Europa. Entre esses povos, estavam os aqueus, jônios e dórios, que formaram as principais cidades-estado da Grécia Antiga.

Entre os séculos XII e IX, esses povos estabeleceram-se em diversos pontos da região da Hélade (como era chamada a antiga Grécia), desde a Península do Peloponeso até a Ásia Menor, na região da Anatólia (atual Turquia). Cidades-estado importantes, como Atenas, Esparta e Tebas, floresceram nessa época.

Datam desse período as lendas que envolvem suas campanhas militares. A mais famosa é a guerra contra a cidade de Troia, que ficava na Ásia menor. As narrativas que organizaram a memória sobre esse período estão compiladas em dois poemas épicos atribuídos ao poeta cego Homero: a Ilíada, que narra a Guerra de Troia (Ilíon, em grego), e a Odisseia, que narra o retorno da guerra de Troia do herói Ulisses, ou Odisseu.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Esse período foi chamado de Período Homérico justamente porque as epopeias de Homero foram os principais documentos culturais dessa civilização. Na lenda da guerra contra Troia, conta-se que Helena, esposa do rei espartano Menelau, foi raptada pelo filho do rei de Troia, o príncipe Paris. Isso teria dado origem à guerra. Entretanto, as pesquisas arqueológicas denunciam que Troia, que havia sido fundada por volta de 3.000 a.C., na altura do ano de 1220 a.C., foi conquistada e pilhada por outras cidades-estado por causa de sua grande riqueza.

Essas narrativas orientaram a formação do homem grego durante séculos. Os estágios iniciais de organização da pólis grega desenvolveram-se durante o período homérico. Os núcleos familiares, clãs, que possuíam um genos, isto é, uma propriedade agrícola, estiveram na base desse desenvolvimento. Foi das comunidades gentílicas que nasceram as cidades-estado.


Videoaula relacionada:

Por: Cláudio Fernandes

Artigos relacionados

A religião na Grécia Antiga

A religião na Grécia Antiga incorporou a mitologia grega como forma de transmitir ao povo grego mensagens e ensinamentos importantes.

Apolo

Acesse o texto para saber quem foi Apolo. Veja as principais histórias que envolvem esse deus grego conhecido como deus do Sol.

Grécia

Aspectos físicos, climáticos, econômicos e sociais da Grécia, país que representa o berço da civilização ocidental.