Geoprocessamento

O geoprocessamento reúne o conjunto de técnicas responsáveis pelo tratamento de imagens e produção cartográfica.

O Geoprocessamento é uma etapa dos Sistemas de Informações Geográficas (SIGs) que, como o seu próprio nome indica, é responsável pelo processamento de imagens georreferenciadas obtidas por meio de fotografias aéreas ou por imagens de satélite para a posterior representação cartográfica.

Com isso, pode-se dizer que o geoprocessamento reúne um conjunto de técnicas e aparatos tecnológicos que realizam o tratamento de imagens, sendo de fundamental importância para o atual processo de elaboração de mapas e cartas gráficas. Assim, ele reúne o conjunto de inovações tecnológicas e, a partir delas, operacionaliza o processo de identificação de características gerais e específicas da superfície terrestre, permitindo-nos ordená-las e representá-las nas formas de cores, tons, símbolos e outros tipos de legendas.

O avanço das técnicas e das tecnologias relativas destacaram a importância do Geoprocessamento. Antes dele, a produção cartográfica era menos precisa e muito mais complexa, exigindo do profissional cartográfico a realização de uma grande quantidade de cálculos e sucessivas observações superficiais. Assim, com as técnicas de geoprocessamento, a margem de erro na obtenção de uma representação do espaço geográfico tornou-se significativamente menor.

De acordo com diversos estudos de mercado, a área de geoprocessamento é uma das mais crescentes no mercado de profissões e serviços emergentes na atualidade, pois vem ganhando uma demanda cada vez maior. Afinal, ações de planejamento urbano, de produção agrícola, de vigilância florestal, de navegação e muitas outras perpassam, atualmente, pela obtenção de informações obtidas por meio desse serviço.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O profissional de geoprocessamento, portanto, tem uma ampla perspectiva de trabalho, haja vista que é uma profissão bastante requisitada. Existem muitos centros tecnológicos que oferecem o curso superior na área, que dura, em média, três anos e envolve conhecimentos em matemática, ciências da Terra, Física e outras áreas. O graduado poderá trabalhar em conjunto com equipes formadas por agrimensores, engenheiros civis e outros, atuando na área de construção, urbanismo, agricultura ou no próprio ramo de cartografia.

A importância e influência do Geoprocessamento sobre as ações de planejamento e realização de atividades econômicas é um exemplo de como o Meio Técnico-Científico-Informacional é um dos elementos estruturantes do espaço geográfico da sociedade globalizada como um todo. Assim, à medida que as técnicas e os objetos técnicos transformam-se, mais as sociedades modificam a maneira como constroem a sua espacialidade.

As atividades do geoprocessamento incluem a produção e o tratamento de mapas digitais

As atividades do geoprocessamento incluem a produção e o tratamento de mapas digitais

Por: Rodolfo F. Alves Pena

Artigos relacionados

Coordenadas Geográficas

Aprenda a localizar qualquer ponto da Terra através das latitudes e longitudes!

Sistemas de Informações Geográficas (SIG)

A importância da utilização dos SIG para um melhor aproveitamento e compreensão das informações geográficas.

GPS

GPS, o que é GPS, como funciona um GPS, importância do GPS, utilização do GPS, bússola, geografia.

Sensoriamento Remoto

Saiba mais sobre o sensoriamento remoto, importante conjunto de técnicas realizado para representar o espaço geográfico.

Aerofotogrametria

Confira como funciona a aerofotogrametria, uma importante técnica cartográfica de representação e registro da superfície terrestre.