Densidade demográfica do Brasil

A densidade demográfica do Brasil é bastante reduzida se considerarmos toda a área do país, mas extremamente elevada nas áreas mais habitadas do território.

O conceito de densidade demográfica é muito importante para a compreensão da distribuição e da concentração da população no mundo e também em territórios específicos, permitindo-nos ter uma maior noção das questões demográficas e econômicas existentes em uma dada localidade. A densidade demográfica representa a quantidade de habitantes por unidade de área e geralmente é medida em km².

Assim, quando um determinado lugar apresenta uma densidade demográfica de 350 hab/km², dizemos que esse lugar é densamente povoado, ou seja, possui uma grande quantidade de pessoas residentes em um local restrito. Por outro lado, quando a densidade de uma região for de, por exemplo, 10 hab/km², dizemos que essa região é despovoada ou apresenta “vazios demográficos”.

A população brasileira encontra-se mal distribuída pelo território nacional. Consequentemente, os valores da densidade demográfica ao longo do país apresentam-se muito diferentes a depender da localização. As áreas que receberam, historicamente, mais investimentos públicos concentraram mais cidades, mais empregos e mais serviços, o que resultou, portanto, em uma maior quantidade de habitantes.

Se fizermos uma média entre a unidade territorial brasileira (T) e o número absoluto de habitantes (H), chegaremos ao cálculo da densidade demográfica do país como um todo:

D = H / T

População absoluta do Brasil (IBGE, 2014): 202.768.562 habitantes

Área territorial: 8.515.767 km²

D = 202.768.562 / 8.515.767

D ~ 23,8 hab/km²

Portanto, a densidade demográfica do Brasil é de aproximadamente 23,8 habitantes para cada quilômetro quadrado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nas regiões Norte e Centro-Oeste do país, no entanto, as densidades demográficas são muito inferiores a esse número, ao passo que no Nordeste, no Sul e no Sudeste esses valores elevam-se. É nessa última região citada, aliás, que se encontra o maior número de pessoas do país, com destaque para a capital paulista, cujo município apresenta mais de onze milhões de pessoas (sem considerar as cidades de entorno) distribuídas em cerca de 1,5 mil km², o que totaliza uma densidade demográfica de incríveis 7.546 hab/km².

No mapa a seguir podemos visualizar a densidade demográfica do Brasil. É perceptível a concentração da população em áreas litorâneas.

Mapa da densidade demográfica do Brasil. Áreas mais escuras indicam valores maiores *
Mapa da densidade demográfica do Brasil. Áreas mais escuras indicam valores maiores *

Para se ter uma ideia da concentração populacional do território brasileiro, a população da Região Metropolitana de São Paulo (pouco mais de 20 milhões de habitantes) é maior do que toda a população do Norte do país (que chega a pouco mais de 16 milhões de habitantes). Isso se explica pela história econômica do Brasil, que, basicamente, manteve-se na região Sudeste desde a segunda metade do século XIX.

* Créditos do Mapa: IBGE, 2010 (Adaptado)

A densidade demográfica do Brasil indica a má distribuição da população pelo território

A densidade demográfica do Brasil indica a má distribuição da população pelo território

Por: Rodolfo F. Alves Pena

Artigos relacionados

As cidades mais populosas do Brasil

As cidades brasileiras que apresentam mais de 1 milhão de habitantes.

Como se calcula a densidade demográfica?

Entenda o que é a densidade demográfica e como esse importante dado populacional é calculado.

Crescimento da população brasileira

Entenda o atual momento do crescimento da população brasileira e conheça as razões para as suas recentes alterações e as projeções para o futuro.

Demografia brasileira

Conheça a demografia brasileira e como ocorreu o processo de sua mudança.

População atual do Brasil

Os Censos Demográficos e o aumento populacional brasileiro.

População relativa e população absoluta

Clique aqui e entenda a diferença entre população absoluta e população relativa.