Medidas de comprimento e tempo

Estudar física para muitos é bastante complicado, já para outros é muito simples. Física significa estudo da Natureza, e como em toda ciência, qualquer acontecimento é denominado fenômeno. Podemos dizer que a necessidade do homem entender o que ocorre a sua volta e explicar os fenômenos naturais é base da física. Sendo assim, podemos concluir que o físico, isto é, o cientista, estuda os fenômenos que ocorrem no Universo.

Embora os físicos estudem os fenômenos naturais, isto é, o que ocorre no universo, o caminho percorrido por cada um não é igual. Portanto, para a formulação das leis que conhecemos, para a explicação das teorias, os físicos (cientistas) tiveram que usar imaginação, experimentação direta, sem seguir um caminho preestabelecido.

A fim de conhecer melhor as grandezas físicas que estavam envolvidas em um fenômeno, os físicos recorreram a medidas. Por exemplo, usando uma fita métrica conseguimos determinar o comprimento de um objeto. O metro (m) é a unidade fundamental de comprimento do Sistema Internacional de Unidades (SI).

O metro, assim como outras unidades de medida, admite múltiplos e submúltiplos. Como exemplo de um múltiplo do metro temos o quilômetro, cujo símbolo é (km) e como submúltiplo temos o centímetro (cm) e o milímetro (mm).

Outra unidade de extrema importância em nossos estudos é a unidade fundamental de tempo, que no Sistema Internacional de Unidades é o segundo, cujo símbolo é (s). Assim como o metro, o segundo também admite múltiplos, como por exemplo, o minuto (min) e a hora (h), e submúltiplos, como o milissegundo (1 ms = 10-3), o microssegundo (1μs = 10-6) e o nanossegundo (1 ns = 10-9). Vejamos mais:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tempo

1 min=60 s

1 h=60 min=60 .60 s=3 600 s

1 dia=24 h=24 .3600 s=86 400 s

De acordo com fatos históricos, o metro inicialmente foi definido como sendo a quarta parte de um meridiano terrestre, que foi dividida em 106 partes iguais. Cada uma dessas partes pequenas passou a ser denominada de 1 metro.

Posteriormente, notou-se que os meridianos da Terra não eram iguais, foi então que apresentaram uma nova definição de metro. Nessa nossa definição o metro passou a ser considerado como sendo a distância entre dois pontos, isto é, dois traços marcados sobre uma barra de plantinha e irídio. Esta barra encontra-se no Instituto Internacional de Pesos e Medidas, em Paris.

Essa definição de metro foi adotada somente até o ano de 1983, quando uma nova definição de metro foi aprovada. Esta nova definição diz que um metro é o comprimento do trajeto percorrido pela luz no vácuo durante um intervalo de tempo igual a 1/299.792.458 de segundo.

As medidas são usadas para melhor conhecer os fenômenos físicos na natureza. Imagem: Bruce Rolff

As medidas são usadas para melhor conhecer os fenômenos físicos na natureza. Imagem: Bruce Rolff

Por: Domiciano Correa Marques da Silva

Artigos relacionados

Como passar m/s para km/h?

Aprenda agora mesmo a passar uma unidade de medida em m/s para km/h!