<

Como estudar Inglês para o Enem

Como estudar inglês para o Enem? Com certeza essa é uma pergunta frequente entre aqueles que estão se preparando para fazer o exame nacional. A resposta dela não é difícil, mas exige que o candidato tenha disciplina para planejar os seus estudos. Assim, antes de mais nada, você deve conhecer profundamente o Enem e ler todas as informações relacionadas a ele, que estão disponibilizadas no site oficial.

Além disso, o candidato precisa organizar bem seus estudos. Para isso, nada melhor do que estabelecer um cronograma específico de estudos para o Enem — neste caso, para a língua inglesa. Outras estratégias importantes se relacionam com a estrutura da prova, a saber:

  • os gêneros textuais recorrentes;
  • os materiais que serão utilizados para estudar;
  • o formato da prova;
  • a sua duração.

É essencial que o candidato leve em consideração essas particularidades do Enem para fazer uma boa prova, com segurança.

Leia também: Temas de inglês que mais caem no Enem

Preparando-se para o Enem

Neste texto você aprenderá a se organizar para fazer uma boa prova de inglês no Enem. Antes mesmo de abrir seus livros e mergulhar nos estudos de conteúdos da língua inglesa, vamos estabelecer um percurso para assegurar que você tenha controle de seus passos ao longo do processo e se sinta seguro e confortável para o dia da prova.

Para alcançar esses objetivos, você deve:

1. Conheça bem o Enem

Neste exato momento, centenas de brasileiros estão se preparando para fazer o Enem deste ano. Ter conhecimento do exame facilita sua vida, porque você sabe o que encontrará no dia da prova, o que lhe permite, consequentemente, estabelecer estratégias e antever alguns aspectos importantes para fazer a prova sem ansiedade, por exemplo. Então, leia com muita atenção todas as informações que o Enem disponibiliza em sua página.

Ao ler as informações sobre o edital, a função do exame, o cronograma, o formato da prova, entre outros detalhes, certifique-se de fazer uma checklist daquilo que você precisa fazer no decorrer do ano e saber, como o calendário do período de inscrições. Esteja atento para não perder nenhum prazo.

Dito isso, conheça a estrutura da prova. Identifique quais disciplinas serão avaliadas segundo os dias de aplicação e guarde também a duração da prova (5h30). Depois de 2017, por exemplo, a prova de língua inglesa, que compõe o grupo de “Linguagens, códigos e suas tecnologias”, passou a ocorrer no primeiro dia de aplicação. Essa é uma informação importante, porque, nesse dia, você também fará a redação. Logo, é essencial distribuir bem o seu tempo para cada disciplina, pois escrever uma boa redação exige tempo para fazer um rascunho, reler, passar a limpo. Sem contar o preenchimento do gabarito, que também exige atenção.

Depois de ler o edital e fazer uma chekclist de prazos, da prova, entre outras informações relevantes, podemos seguir para o próximo passo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

2. Estabeleça um cronograma de estudos

Estabelecer uma rotina de estudos é essencial para ter uma boa performance no exame. Como definir então um cronograma de estudos? Primeiramente, além de levar em consideração a matriz de referência do Enem e o formato da prova, é necessário ser realista. Sim, você precisa saber:

  • quantos dias úteis há até a véspera da prova (use um contador de dias úteis);
  • quantas horas você se dedicará semanalmente para cada disciplina — neste caso, para a língua inglesa;
  • quais conteúdos você estudará da língua inglesa;
  • quais materiais você utilizará para estudos.

Tente estudar pelo menos duas horas de língua inglesa por semana, aumentando a carga horária, se você tiver mais tempo disponível ou maiores dificuldades com a língua estrangeira. Reserve o último mês antes da prova para revisar o conteúdo. Para estabelecer esse cronograma, você deve estipular primeiro os pontos 3 e 4 (conteúdo e material). Para isso, veja a seguir quais conteúdos/materiais você deve estudar para a prova de inglês no Enem.

3. Saiba o que estudar de língua inglesa para o Enem

Até agora, você já leu o edital, fez a checklist, contabilizou quantos dias até a véspera da prova e quantas horas semanais você se dedicará ao inglês. Agora você precisa decidir o que estudar e quais materiais usar. Consequentemente, é necessário conhecer as provas que já foram aplicadas até então. A cada ano, as questões são diferentes, mas ao observar o corpus de questões de língua inglesa da prova do Enem — por exemplo, de 2015 a 2019 —, você perceberá que a prova tem um estilo.

Obviamente o estilo pode mudar de um ano para o outro. No entanto, a sua preparação para a prova lhe trará segurança, inclusive para os imprevistos. Portanto, você deve tirar um primeiro momento e observar as provas já aplicadas e seus gabaritos, os quais são disponibilizados pelo próprio site oficial do exame. Por enquanto, não precisa resolver as provas, apenas as leia na íntegra. Não se preocupe, porque, ao longo dos meses ou semanas, você resolverá essas provas.

Ao passar o olho nas provas, você perceberá que as questões englobam muito mais que o conhecimento sobre os tempos verbais, certo? As provas de inglês demandam que o candidato saiba reconhecer diferentes gêneros textuais e saiba utilizar estratégias de leitura para interpretar esses gêneros com diferentes temáticas.

Pensando nisso, uma das estratégias de estudo é anotar os websites que eles usaram como fonte para criar as questões (listamos a seguir os principais websites) e tê-los também como fonte de seus estudos. Isso significar ler sempre que possível os textos dessas páginas, utilizando estratégias de leitura. Dessa forma, é bom que você saiba quais são os gêneros textuais mais utilizados nas provas.

De 2015 a 2019, os gêneros mais recorrentes foram:

  • notícias jornalísticas ou governamentais;
  • poemas;
  • letras de música;
  • cartum/tirinha/charge;
  • propaganda;
  • citação;
  • carta ao editor;
  • trechos de obras literárias, entre outros.

Isso significa que o candidato deve ter fluência em diferentes gêneros. Quando você ler um texto em inglês, é importante fazer algumas perguntas:

  • O que é esse texto (uma receita, uma notícia)?
  • Qual a fonte?
  • Quem o escreveu?
  • Qual o tema?
  • Eu consigo entender a ideia geral?
  • O que a questão da prova pede (isso guiará a leitura)?

Todas essas perguntas ajudarão a ter uma compreensão mais ampla e guiada para responder às perguntas da prova.

Observe a seguir a lista com alguns sites recorrentes na prova do Enem (entre 2015-2019) ou  importantes, em termos de notícias, na língua inglesa.

Sites recorrentes ou importantes de notícias:

A prova segue diferentes temáticas todos os anos, então, para se preparar, leia diferentes notícias desses websites, levando em consideração as perguntas anteriores.

Reforçando: leia, leia, leia! Foque na compreensão geral de cada texto. Não se preocupe em traduzir os textos inteiramente. Traduza apenas as palavras que realmente prejudicam a compreensão global, pois, normalmente, as questões do Enem são de interpretação. Pegue essas palavras e faça listas personalizadas para melhorar seu vocabulário.

Quanto aos conteúdos gramaticais que auxiliarão na prova de inglês, procure textos nos livros de ensino médio e em websites especializados, bem como vídeos voltados para:

  • tempos verbais;
  • grupos nominais;
  • artigos definidos e indefinidos;
  • cognatos e falsos cognatos;
  • marcadores discursivos;
  • estrutura da frase afirmativa, negativa e interrogativa;
  • aspectos da língua que você tem dificuldades.

Em relação ao vocabulário, se você ler diferentes tipos e gêneros textuais, isso ajudará na questão lexical da língua.

Agora você já pode acrescentar esses itens no seu cronograma. Escolha os temas gramaticais, gêneros textuais variados e os textos que você lerá desses sites de notícias. Lembre-se de que a internet oferece uma grande gama de informações. Nesse caso, cuidado para não se perder na vastidão de websites e dispersar sua atenção.

Deixe alguns espaços livres no cronograma para textos que você poderá escolher depois.

Tente seguir o máximo que puder o cronograma estabelecido. No tópico seguinte, apontamos outros detalhes da prova que lhe ajudarão nos estudos.

Veja também: Dicas de inglês para o Enem

4. Fique por dentro das particularidades da prova de inglês

Ao longo deste texto, apontamos algumas características recorrentes da prova (estrutura, duração, temas, gêneros textuais) para que você possa se preparar da melhor maneira possível. Ainda existem outros aspectos que precisam ser considerados sobre a prova.

  • A prova de língua inglesa contém 5 questões de múltipla escolha.
  • Normalmente as questões são de interpretação.
  • Algumas vezes, a questão está relacionada a algum aspecto linguístico (vocabulário, por exemplo).
  • A prova de inglês apresenta diferentes tipos de linguagem: verbal e não verbal.
  • A prova é constituída por diferentes gêneros, como notícias, propagandas, poesia, música, cartuns, etc.;
  • A prova de inglês é feita no mesmo dia que a de redação.

5. Baixe o aplicativo do Enem

Para finalizar o cronograma, reserve o último mês (como dissemos anteriormente) para revisar os materiais estudados. Assim, é interessante que você faça as provas anteriores de inglês e que estão disponíveis no site oficial. Há duas maneiras de fazer essas provas passadas. Você pode baixá-las e conferir o gabarito ou você pode baixar o aplicativo do Enem, que tem simulados baseados nessas provas e um simulado especial. Além disso, o aplicativo traz outras informações importantes para o candidato.

No último mês de estudo, você pode refazer as provas e o simulado especial.

6. Finalize o cronograma

Agora sim você já tem todas as informações de que precisa para estudar inglês para o Enem. Resumidamente, o seu cronograma deve ter:

1. os dias que você estudará a língua inglesa e o horário;
2. os temas gramaticais e temas das leituras;
3. os diferentes gêneros textuais;
4. alguns horários do cronograma, intercalando com os outros conteúdos, para fazer as provas passadas;
5. o último mês reservado para revisão dos conteúdos, das provas e do simulado especial do Enem.
6. na véspera da prova, marque no cronograma como um dia de DESCANSO, SEPARAÇÃO DE MATERIAIS e SONO DE BOA QUALIDADE.

Ao fazer as provas ao longo do ano ou do período disponível para estudo, você terá condições de avaliar o seu preparo e entender se precisa disponibilizar algum tempo extra para algum conteúdo específico.

7. Estude, estude, estude

Finalmente chegou a hora de você colocar em prática os passos deste texto e estudar. Organize-se e separe um lugar apropriado, na medida do possível, para estudar inglês e as demais disciplinas. Desligue-se das distrações. Hidrate-se bem quando estiver estudando, faça notas, fichas de leitura.

No último mês, dê seu gás total para revisar o máximo que puder do que foi estudado até então. Na véspera da prova, separe o dia para comer bem, descansar, arrumar os itens para fazer a prova (lápis, caneta, borracha, roupas, água, snacks, etc.) e ter uma boa noite de sono.

Let’s go!!!!

Por: Patricia Veronica Moreira

Artigos de Como estudar Inglês para o Enem

Dicas de inglês para o Enem

Confira dicas para se preparar para a prova de inglês do Enem. Entenda a estrutura da prova, duração, materiais e conteúdos de estudo.

Temas de inglês que mais caem no Enem

Descubra quais são os temas de inglês que mais caem no Enem. Saiba também tudo sobre os gêneros textuais e as fontes mais utilizadas na prova de inglês do Enem.