Coito interrompido

Dentre os métodos contraceptivos conhecidos, existe um que é frequentemente utilizado: o coito interrompido. Classificado, assim como a tabelinha, como um método comportamental, ele consiste na retirada do pênis da vagina, segundos antes do orgasmo e, consequentemente, da ejaculação. Desta forma, a liberação do sêmen, contendo grandes concentrações de espermatozoides, acontece externamente, impedindo que ocorra a gravidez.

Pesquisas recentes, conduzidas pela Dra. Rachel K. Jones, do Instituto Guttmacher de Nova Iorque, especializada em assuntos referentes à reprodução humana, apontam que, se utilizado corretamente, esse método é tão eficaz quanto a camisinha. Entretanto, tal constatação foi feita com base em estudos com pessoas adultas e com relacionamento estável; e não foi avaliada a questão de que nem sempre é prazeroso para o homem proceder dessa forma, ao fim da relação sexual, e de que não são poucas as vezes em que a mulher deixa de alcançar o orgasmo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Durante a relação sexual, o homem libera, aos poucos, o líquido prostático: um lubrificante natural que pode conter, a cada gota, cerca de cem mil espermatozoides! Esse fator, aliado ao fato de que nem sempre há como se ter o controle total sobre essa etapa da relação sexual, caracteriza o método em questão como inseguro para pessoas que desconhecem, de forma profunda, o próprio corpo e as funções biológicas. Além disso, assim como todos os outros métodos contraceptivos, com exceção da camisinha, o coito interrompido não protege contra doenças sexualmente transmissíveis.

Em virtude da necessidade urgente de interromper a penetração,o coito interrompido pode cortar o prazer do casal.

Em virtude da necessidade urgente de interromper a penetração,
o coito interrompido pode cortar o prazer do casal.

Por: Mariana Araguaia

Artigos relacionados

A importância da camisinha

O método contraceptivo que, além de prevenir uma gestação não planejada, protege os parceiros contra doenças sexualmente transmissíveis.

Como escolher o método contraceptivo?

Aprenda como escolher o método contraceptivo ideal para evitar transtornos futuros com a técnica escolhida.

Diafragma

Método contraceptivo de barreira bastante discreto.

Espermicida

Método contraceptivo bastante eficaz se utilizado juntamente com a camisinha ou diafragma.

Pilula do dia seguinte

Saiba mais sobre este contraceptivo de emergência.

Pílula anticoncepcional

Método que previne a gravidez e alguns desconfortos relacionados à questão hormonal.

Sistema genital feminino

Saiba mais sobre os órgãos que compõem o sistema genital feminino.

Sistema genital masculino

Clique aqui e saiba todas as características dos órgãos que compõem o sistema genital masculino.