Apêndice

O apêndice vermiforme é uma estrutura localizada no lado inferior direito do abdome, que lembra o dedo de uma luva e que nasce no ceco.

Médico apontando a localização do apêndice em uma réplica de um intestino grosso.
O apêndice vermiforme é um prolongamento presente no ceco que se destaca por ser rico em tecido linfático.

 Apêndice vermiforme é um tubo delgado que está ligado ao ceco, a primeira porção do intestino grosso. O apêndice possui de 3 a 13 centímetros de comprimento e pode adotar diferentes localizações durante a descida cecal. O apêndice está localizado no quadrante inferior direito do abdome, por isso, em caso de apendicite, é nessa região que se observa, geralmente, dor.

A apendicite é uma inflamação do apêndice e uma condição grave, sendo necessária a retirada rápida do apêndice para evitar a sua ruptura e inflamação da cavidade abdominal. O apêndice não possui função digestiva, mas tem grande quantidade de tecido linfático, estando associado com a defesa do corpo.

Leia também: Sistema linfático — responsável por excretar resíduos que são nocivos para o nosso corpo

Resumo sobre apêndice

  • O apêndice vermiforme é um prolongamento presente no ceco, primeira porção do intestino grosso.

  • Apesar de ser um prolongamento presente no ceco, o apêndice não possui função digestiva.

  • O apêndice apresenta grande quantidade de tecido linfático.

  • Apendicite é uma inflamação do apêndice.

  • A apendicite é tratada com a remoção do apêndice.

  • Em caso de apendicite, a remoção do apêndice é necessária para evitar sua ruptura e inflamação da cavidade abdominal.

O que é e onde fica o apêndice?

O apêndice vermiforme é um prolongamento tubular, que lembra o dedo de uma luva, presente no ceco e que apresenta variação de comprimento entre 3 e 13 centímetros. O ceco é a primeira porção do intestino grosso, o qual possui cerca de 1,5 metro de comprimento e difere-se do intestino delgado por apresentar maior largura e não apresentar vilosidades na superfície da túnica mucosa.

Localizado na região do quadrante inferior direito do abdome, o apêndice vermiforme é considerado um órgão móvel, o qual não possui uma posição anatômica fixa. Isso ocorre devido ao fato de que durante a descida do ceco, ainda durante a vida intrauterina, o apêndice poderá permanecer em diferentes localizações, o que faz com que a posição do apêndice seja variável de um indivíduo para outro.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Qual a função do apêndice?

O apêndice vermiforme é um órgão que não apresenta função digestiva em nosso organismo. Isso faz com que muitos o considerem uma estrutura sem função alguma. Entretanto, o apêndice vermiforme está relacionado com a defesa do nosso corpo, uma vez que apresenta grande quantidade de tecido linfático.

Saiba mais: Sistema imunológico — células e órgãos que participam da defesa do nosso corpo

O que é apendicite?

Apendicite é uma inflamação no apêndice. Ela consiste na obstrução da cavidade interior do órgão, sendo essa obstrução consequência, por exemplo, da presença de fecalito (massa de fezes endurecidas), corpo estranho, parasitas, tumores ou hiperplasia linfoide. A obstrução da luz do apêndice pode evoluir para infecção polimicrobiana, sendo a bactéria Escherichia coli um dos principais micro-organismos envolvidos no processo.

Homem deitado tendo seu abdome examinado pelo toque da mão do médico.
Dor do lado inferior direito do abdome pode sugerir um quadro de apendicite.

Em geral, a apendicite apresenta como principal sintoma dor do lado inferior direito do abdome, a qual apresenta-se fraca no início, mas que aumenta sua intensidade com o tempo. O paciente pode apresentar dor também na parte alta do estômago e na região em volta do umbigo. Outros sintomas incluem indigestão, diarreia, constipação, náusea, vômito e perda de apetite. Febre pode surgir cerca de um a dois dias depois.

Um dos principais riscos da apendicite é a perfuração da parede do órgão, o que pode provocar a inflamação da cavidade abdominal, colocando até mesmo a vida do paciente em risco. Assim, o tratamento deve ser imediato.

O tratamento da apendicite consiste na retirada do apêndice, sendo, portanto, um tratamento exclusivamente cirúrgico. Trata-se de um procedimento de emergência, então é fundamental permanecer no hospital até que o diagnóstico seja confirmado. Para a confirmação de diagnóstico, faz-se necessária a realização de exames de imagem, como a tomografia. 

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Apendicite

Saiba mais sobre a apendicite, uma inflamação no apêndice que pode ser resolvida rapidamente por cirurgia.

Baço

Saiba quais as funções do baço. Conheça as doenças que podem acometer esse órgão. Descubra se é possível viver sem o baço.

Intestino delgado

Compreenda a estrutura do intestino delgado e saiba mais sobre esse importante órgão que completa o processo de digestão dos alimentos.

Intestino grosso

Saiba mais sobre o intestino grosso, um órgão do sistema digestório que está relacionado com a formação das fezes.

Sistema imunitário

Aprenda como funciona o sistema imunitário e quais são os seus principais componentes e modo de atuação.

Sistema linfático

Entenda como funciona o sistema linfático e seus componentes. Aprenda como o excesso de fluidos é drenado diariamente no nosso corpo.