<

Fósforo

O fósforo é um elemento que não é encontrado isolado na natureza, mas somente na forma de seus fosfatos, possui muitas variedades alotrópicas e constitui os nossos ossos.

O fósforo é um elemento químico da família 15 ou 5A, com número atômico 15 e massa atômica arredondada igual a 31
O fósforo é um elemento químico da família 15 ou 5A, com número atômico 15 e massa atômica arredondada igual a 31

O fósforo é um elemento químico de número atômico igual a 15 e cujo símbolo é P, pois o seu nome vem do latim Phosphorus (phos, que significa “luz”; e phorus, “o que dá”, isto é, seu nome significa “o que dá luz”). Esse nome foi dado pelo seu descobridor Hennig Brand, porque esse elemento brilhava no escuro e também se inflamava por vezes até espontaneamente, liberando vapores brancos.

A descoberta do fósforo, que ocorreu em 1669, foi um marco na história da Química, pois além de ser o primeiro elemento descoberto desde a Idade Média, o fósforo foi também o primeiro elemento descoberto que não existia na forma isolada na natureza (com exceção de meteoritos ocasionais).

A forma como Brand isolou o fósforo também foi um tanto excêntrica: ele pegou 50 baldes de urina, deixou evaporar e putrefazer-se até que surgiram vermes, ferveu esse resíduo, deixou-o alguns meses no porão e viu que fermentou e ficou preto. Ele pegou então esse resíduo preto e destilou-o com ureia em uma retorta que tinha sua extremidade mergulhada na água. Assim, ele obteve uma substância pegajosa e transparente, que, ao ser retirada da água, era o fósforo isolado.

Com o tempo, outros métodos menos repulsivos de produção de fósforo foram descobertos. Por exemplo, ele pode ser obtido através de seus minerais, que são chamados de fosfatos. Atualmente, nas indústrias, a sua produção costuma ser feita em fornos elétricos, aquecendo-se uma mistura de rocha de fosfato natural, coque e pedaços de sílica. Entre os produtos está o fósforo em vapor, que é resfriado e obtido na forma líquida ou como sólido, sendo guardado na água para evitar que se inflame espontaneamente em contato com o ar.

Ele é o 12º elemento mais abundante na crosta terrestre. Entre os principais minerais fosfatados estão a apatita, a wavelita (imagem abaixo) e a vivianita.

A wavelita é um exemplo de mineral do fósforo

Em 1855, o fósforo passou a ser usado nos primeiros palitos de fósforo. No entanto, o fato de haver fósforo na cabeça dos palitos (na verdade, o composto P4S3) representava um perigo, pois dentro da caixinha eles podiam atritar-se e pegar fogo. Por isso, atualmente, ao contrário do que alguns imaginam, o fósforo não vem na cabeça dos palitos, mas sim do lado de fora da caixinha que os contém.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Caixa de fósforos

O fósforo que é encontrado na parte áspera da caixa é uma das formas alotrópicas mais comuns do fósforo, que é o fósforo vermelho, cuja estrutura é indeterminada, mas existem evidências de que ele se trata de macromoléculas formadas pela ligação de estruturas tetraédricas (P4), sendo representadas por Pn.

Fósforo vermelho em pó

O fósforo contém várias formas alotrópicas, sendo que a vermelha e a branca são as mais comuns. Leia mais sobre isso no artigo Alotropia do fósforo.

O ácido fosfórico (H3PO4) é o acidulante mais usado em refrigerantes, principalmente do tipo cola, sendo responsável por regular a doçura, realçar o sabor da bebida e baixar o pH.

O íon fosfato (PO43-) está presente nos organismos vegetais e animais. Por exemplo, juntamente ao cálcio, o íon fosfato é o principal constituinte dos ossos humanos e dos dentes, sendo que 85% do fosfato do corpo está presente neles. Esse íon também está presente nos fluidos no interior das células dos tecidos vivos, está presente no DNA (ácido desoxirribonucleico), e parte da energia que extraímos dos alimentos é estocada nas células na forma da molécula fosfato de adenosina (ATP). A escassez de fósforo em crianças pode causar raquitismo e má formação dos dentes; em adultos, pode causar osteoporose.

Por isso, o fósforo é uma parte importante de nossa nutrição, sendo que entre as principais fontes de fósforo nos alimentos estão: leite e seus derivados, como o queijo; ovos, carne bovina, aves, peixes, cereais, leguminosas, frutas, chás e café.

Fontes de alimentos que contêm fósforo

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Artigos relacionados

Alotropia do Fósforo

Conheça a alotropia do fósforo branco e do vermelho, vendo duas estruturas químicas, formas de obtenção e propriedades principais.

Luz negra

O que você sabe sobre a luz negra? As lâmpadas de luz negra podem ser produzidas na remoção da fina camada branca fosforescente presente no vidro das lâmpadas fluorescentes. Esse pó produz luz visível pela incidência da radiação ultravioleta produzida pela aceleração do plasma no bulbo da lâmpada. Saiba mais no texto!