A cola presente nos refrigerantes

De onde será que vem o termo “cola” usado para alguns refrigerantes?

Na realidade, o xarope original que levou à bebida que conhecemos hoje possuía como um de seus componentes principais a noz de cola, que é rica em cafeína. Daí a origem desse termo. Portanto, o termo “cola” refere-se aos frutos das árvores do gênero Cola, da família das Esterculiáceas.

Noz de cola usada inicialmente nos refrigerantes

Já outro termo bastante conhecido, pois faz parte do nome do refrigerante à base de cola mais famoso, é “coca”. Termo que levanta suspeitas, pois muitos dizem que pode haver cocaína nesse tipo de refrigerante.  Esse termo vem da planta da coca (fonte de cocaína), que inicialmente também era um de seus ingredientes. No entanto, nunca houve cocaína em sua composição.

Folhas da planta de coca

Nenhum desses dois ingredientes faz parte da composição atual dos refrigerantes à base de cola. A maioria dos ingredientes dessa bebida é bem conhecida: açúcar, caramelo, cafeína, ácido fosfórico, suco de limão-galego e essência de baunilha. A forma com que são combinadas essas substâncias e a ordem delas é que origina uma mistura secreta que atrai tantas pessoas, principalmente os jovens.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O extrato de cola foi retirado e substituído por cafeína purificada e adicionada diretamente. A grande maioria dos refrigerantes à base de cola não utiliza a noz de cola e sim complementos artificiais que são mais baratos.

O ácido fosfórico é o ingrediente que confere o sabor refrescante.

Já o termo “Pepsi” vem de pepsina, uma enzima presente no estômago que auxilia na digestão. Assim, quando esse refrigerante foi lançado, além de ser um tônico energético, ele também foi citado como uma bebida que auxiliaria a digestão.

Copo com refrigerante de cola

Esses refrigerantes são uma solução de cafeína e isso pode causar um efeito em você. Cada garrafa desse tipo de refrigerante contém cerca de 40 mg de cafeína. Ela atua como um estimulante porque ativa a dopamina do cérebro, uma substância química que dá a sensação de bem-estar.

Estudos mostram que a cafeína não causa insônia, indigestão ou doenças do coração. Apesar de não ser considerada viciante, quando se retira a ingestão regular dessa substância, ocorrem alguns sintomas de dependência, como dor de cabeça, irritabilidade e fadiga.

Refrigerante à base de cola

Refrigerante à base de cola

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça