Relatividade do Tempo

No estudo da Física Clássica, o tempo transcorre da mesma forma para qualquer que seja o referencial adotado. Assim, para dois corpos munidos de cronômetros, o tempo passaria da mesma forma, independentemente de um dos corpos estar em repouso e o outro em movimento.

Para a Física Moderna, intervalos de tempos para uma pessoa em altíssima velocidade, próxima à velocidade da luz no vácuo, transcorrem mais lentamente do que intervalos de tempo medidos por outra pessoa em repouso, por exemplo, em relação à Terra. Isso significa que uma hora para um observador em repouso na superfície da Terra pode corresponder a alguns minutos ou segundos para outro observador em alta velocidade. Tal fato é conhecido como dilatação do tempo.

A dilatação do tempo já foi comprovada na prática com os satélites que orbitam o nosso planeta. Relógios no interior desses satélites, em razão da alta velocidade, sofrem pequenos atrasos em relação a relógios que se encontram na superfície da Terra. O intervalo de tempo transcorrido para um observador que se move com velocidade (v) pode ser medido pela seguinte equação:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Onde:

Δt0 – é o intervalo de tempo transcorrido para o observador que se move em alta velocidade;

Δt – é o intervalo de tempo transcorrido para um observador que se encontra em repouso ou em baixas velocidades, por exemplo, na superfície da Terra;

c – é a velocidade da luz no vácuo (3 x 108 m/s).

A equação acima é denominada Equação de Lorentz: ela prevê a dilatação do tempo e mostra que a velocidade de um corpo tem que ser muito alta para que a dilatação do tempo comece a ser realmente considerável.

Equação para o cálculo da dilatação do tempo

Equação para o cálculo da dilatação do tempo

Por: Domiciano Correa Marques da Silva

Artigos relacionados

O que aconteceria se alguém corresse como o Flash?

Você gostaria de correr tão rápido quanto o Flash? Clique aqui e veja o que aconteceria se alguém atingisse a supervelocidade!

Paradoxo dos gêmeos

Entenda o paradoxo dos gêmeos e as conclusões que podem ser tiradas por meio de uma análise qualitativa desse problema.

Teoria da relatividade restrita

Conheça os principais postulados da Teoria da Relatividade.

Viajar no tempo é possível?

Clique aqui e entenda por que as viagens no tempo são totalmente improváveis e conheça as leis da Física que impedem um passeio pelos séculos.