Focos de uma lente esférica

Em nossa vida cotidiana sempre nos deparamos com diversos fenômenos físicos, mas que muitas vezes nem damos importância. Várias vezes ouvimos alunos dizerem: Para que estudar física se não a usaremos?

De certa forma podemos dizer que tal pensamento está ultrapassado, pois sabemos que em quase tudo que fazemos usamos a física, e muitos de nossos afazeres requerem algum conhecimento físico.

Não é diferente quando tratamos do assunto que diz respeito à óptica. Para muitos, trata-se apenas de mais um tema da física. Mas se pararmos para pensar, a óptica também está inserida em nosso cotidiano. Fazemos uso da óptica quando vemos nossa imagem sendo refletida no espelho plano, na formação do arco-íris, nas câmeras fotográficas etc.

Outra aplicação de suma importância do conceito físico sobre óptica está empregada no uso das lentes esféricas. Geralmente elas são usadas por inúmeras pessoas a fim de corrigir um defeito visual. Definimos uma lente esférica como sendo nada mais que uma associação de dois dioptros, sendo que um deles necessariamente é esférico e o outro, esférico ou plano.

Sendo assim, podemos simplificar o conceito de lente esférica como sendo qualquer corpo transparente limitado pelas superfícies dos dois dioptros. Em termos de comportamento, as lentes são classificadas em lentes convergentes e lentes divergentes.

Foco das lentes esféricas

Dizemos que em uma lente esférica o foco principal objeto é o ponto (F) sobre o eixo principal onde está associada uma imagem imprópria. Podemos dizer também que qualquer raio de luz que emerge do foco e incida sobre uma lente esférica deve sempre emergir paralelamente ao eixo principal da lente esférica. Observe a ilustração abaixo:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Na figura acima F representa o foco principal objeto

Na lente esférica dizemos que o foco principal imagem é o ponto (F’) sobre o eixo principal onde está associado um ponto objeto impróprio. Neste caso, podemos dizer que todo raio de luz paralelo ao eixo principal e que incide na lente esférica deve sempre emergir tomando a direção do foco principal imagem. Podemos perceber na ilustração abaixo que, de maneira similar ao que acontece nos espelhos esféricos, no caso das lentes esféricas convergentes o foco é dito real e nas lentes esféricas divergentes o foco é dito virtual.

Na figura acima, F’ representa o foco principal imagem

Sendo assim, podemos concluir que em uma lente esférica existem dois focos, sendo estes focos simétricos em relação ao centro óptico da lente esférica, ou seja, F e F’ estão equidistantes do centro óptico da lente.

As lentes usadas nos óculos têm por finalidade corrigir problemas visuais

As lentes usadas nos óculos têm por finalidade corrigir problemas visuais

Por: Domiciano Correa Marques da Silva

Artigos relacionados

Aberração cromática

Acesse o link e conheça o fenômeno que acomete as lentes chamado de aberração cromática.