Capacitância de um capacitor de placas paralelas

Uma forma alternativa para armazenar energia elétrica é carregando eletricamente um corpo. Podemos conseguir tal fato de diversas maneiras, uma delas é transferindo cargas de um corpo para outro. Conseguimos calcular a capacitância de um capacitor de placas paralelas a partir de suas dimensões. Desta forma, a equação abaixo nos fornece o valor do campo elétrico E, estabelecido entre as placas de um capacitor, onde d é a distância entre as placas.

Neste caso, o campo aponta da placa com carga positiva para a de carga negativa, como mostra a primeira figura. Podemos mostrar que o campo elétrico é proporcional à carga Q de cada placa e inversamente proporcional à área A de uma placa.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por outro lado, como a capacitância é E = V/d, podemos igualar as duas expressões, obtendo:

Como C = Q/V, podemos reescrever esta relação da seguinte forma:

Dessa maneira, podemos dizer que a capacitância de um capacitor de placas paralelas é proporcional à área das placas e inversamente proporcional à distância entre elas.

Um campo elétrico é estabelecido entre as duas placas quando elas são ligadas a uma bateria.

Um campo elétrico é estabelecido entre as duas placas quando elas são ligadas a uma bateria.

Por: Domiciano Correa Marques da Silva