Campo elétrico gerado por duas cargas

No estudo do campo elétrico vimos que uma carga elétrica puntiforme (Q) gera no espaço à sua volta um campo elétrico. Mas sabemos também que um ponto qualquer do espaço pode estar sob a influência não somente de uma, mas de várias cargas puntiformes. Quando colocamos uma carga de prova q nesse ponto, temos a superposição de várias forças, acarretando uma força resultante. Essa força resultante pode ser entendida como consequência do campo elétrico total devido às várias fontes.

Vetorialmente escrevemos:

Portanto, definimos que o campo elétrico resultante da ação de várias cargas é a soma vetorial dos campos que cada um produziria isoladamente.

Problema do campo elétrico gerado por várias cargas

Vamos imaginar duas cargas elétricas A e B. Elas estão no vácuo e estão a 2 m de distância uma da outra, conforme mostra a figura 1 acima. Sendo as cargas de QA = - 4μC e QB = 9μC, determine:

a) a intensidade, a direção e o sentido do vetor campo elétrico, em um ponto P, situado sobre a reta que liga as cargas e 1 m à direita da carga QB.

b) o vetor campo elétrico no ponto M, situado 4 m à esquerda da carga QA e sobre a reta que une as duas cargas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Resolvendo:

a) A figura abaixo nos mostra o ponto P com os campos elétricos gerados pelas cargas QA e QB.

Figura 3: Vetor campo elétrico no ponto M, situado a 4 metros
Figura 2: Vetor campo elétrico resultante no ponto P

Pela figura 2 podemos ver que a direção do campo elétrico resultante em P coincide com a da reta que passa pelas cargas. O sentido do campo elétrico resultante é para a direita, pois EB > EA.

b) a figura abaixo ilustra a situação da questão b.

Figura 2: Vetor campo elétrico resultante no ponto P
Figura 3: Vetor campo elétrico no ponto M, situado a 4 metros

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

Figura 1: Cargas A e B separadas por uma distância de 2 metros

Figura 1: Cargas A e B separadas por uma distância de 2 metros

Por: Domiciano Correa Marques da Silva

Artigos relacionados

LHC: o grande acelerador de partículas

Saiba mais sobre o LHC, um grande e complexo acelerador de partículas, repleto de experimentos que buscam identificar partículas subatômicas de altas energias. Seu circuito principal estende-se por mais de 27 quilômetros e a 100 m de profundidade. Localiza-se no Centro Europeu de Reações Nucleares, na Suíça.