Olimpíadas de Tóquio 2020

Com mais de 200 participantes, os Jogos Olímpicos de 2020 acontecem de 23 de julho a 8 de agosto, em Tóquio.

Os Jogos Olímpicos de Verão 2020, ou Olimpíadas 2020, serão realizados entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, em Tóquio, no Japão. A 32ª edição do maior evento esportivo do mundo acontecerá com um ano de atraso, em consequência da pandemia de coronavírus, que impossibilitou que a competição fosse realizada em 2020.

Tóquio foi escolhida como sede da competição em setembro de 2013, em anúncio feito pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), em Buenos Aires. A capital japonesa derrotou Madri (Espanha) e Istambul (Turquia), que também desejavam sediar os jogos.

A vitória de Tóquio se deu pela apresentação de uma melhor organização para a realização do evento. Economia estável e área para instalação dos complexos esportivos foram mais atrativos em relação às cidades concorrentes.

Esta será a segunda vez que Tóquio recebe uma Olimpíada. A capital do Japão já havia sediado a competição em 1964. A edição também marca a quarta vez que o Japão recebe uma Olimpíada. Além de Tóquio (1964/2020), Sapporo (1972) e Nagano (1998) já foram sedes das Olimpíadas de Inverno.

Leia também: História dos Jogos Olímpicos

Pandemia e as Olimpíadas de 2020

Os Jogos Olímpicos de Tóquio seriam realizados em julho e agosto de 2020, mas, devido à pandemia, o evento foi adiado para 2021, assim como outras diversas competições esportivas.

Testes PCR negativos na frente do logotipo das Olimpíadas de Tóquio 2020.
Atletas serão testados diariamente durante os Jogos Olímpicos. [2]

Para que houvesse a possibilidade de realizar os jogos olímpicos em Tóquio, diversas medidas de prevenção a covid-19 tiveram que ser implantadas pelo COI e pelos responsáveis locais.

Mais de 200 delegações esportivas devem estar presentes para a disputa dos Jogos Olímpicos. Na chegada ao Japão, não será exigida a quarentena, mas as equipes deverão ser testadas. Antes dos jogos os atletas também deverão fazer testes.

O COI não exigiu que todos os atletas fossem vacinados, mas pede que, durante o período de jogos, eles permaneçam em seus alojamentos para evitar contato com pessoas de fora e também não utilizem transportes públicos.

Outra medida para a competição é em relação ao público. Torcedores de outros países não poderão viajar para assistir aos jogos. A intenção é receber apenas torcedores locais, com o limite de 10 mil torcedores. No entanto, se no período de competição a situação da pandemia tiver se agravado, a torcida poderá ser banida dos jogos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Participantes das Olimpíadas de Tóquio 2020

A expectativa é que Tóquio receba cerca de 11 mil atletas de mais de 200 países para a disputa das modalidades.

Por ser o país-sede, a delegação do Japão foi a primeira confirmada. Entre as demais, os países com mais representantes são: Estados Unidos, Brasil, Austrália, Grã-Bretanha, Canadá, China, França, Alemanha, Espanha, Itália, Holanda, Nova Zelândia, Coreia do Sul, Argentina, Polônia, África do Sul, Egito, Índia e México.

Evento para recrutar voluntários para a organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de verão a serem realizados no Japão
Capital do Japão deve receber delegações de mais de 200 países para jogos olímpicos. [3]
  • Não participam das Olimpíadas Tóquio 2020

A Coreia do Norte decidiu não participar da competição por conta da pandemia, alegando a proteção dos atletas contra o vírus.

Já a Rússia, que tem uma das delegações mais fortes, está banida do evento. A Corte Arbitral do Esporte (CAS) proibiu o país de participar de competições esportivas mundiais até o fim de 2022, após autoridades russas alterarem dados de exames laboratoriais de doping dos atletas. Porém, os atletas russos que comprovarem não ter envolvimento com a situação poderão competir representando a bandeira do COI.

Leia também: Curiosidades sobre a Copa do Mundo

Delegação brasileira nas Olimpíadas Tóquio 2020

O Time Brasil nas Olimpíadas de Tóquio 2020 tem mais de 300 atletas confirmados. Os brasileiros receberam vacinação no Brasil para participar do evento. A equipe brasileira vai disputar medalhas nas seguintes modalidades:

  • atletismo (feminino e masculino);

  • badminton (feminino e masculino);

  • boxe (feminino e masculino);

  • canoagem slalom (feminino e masculino);

  • canoagem velocidade (masculino);

  • ciclismo MTB (feminino e masculino);

  • ciclismo BMX (feminino e masculino);

  • esgrima (feminino e masculino);

  • futebol (feminino e masculino).

  • ginástica rítmica (grupo);

  • ginástica artística (feminino e masculino);

  • handebol (feminino e masculino);

  • hipismo adestramento (masculino);

  • hipismo CCE (masculino);

  • hipismo saltos (masculino);

  • judô (feminino e masculino);

  • levantamento de pesos (feminino e masculino);

  • luta greco-romana (feminino e masculino);

  • maratonas aquáticas (feminino);

  • natação (feminino e masculino);

  • pentatlo moderno (feminino);

  • remo (masculino);

  • rúgbi de sete (feminino);

  • saltos ornamentais (feminino e masculino);

  • skate (feminino e masculino);

  • surfe (feminino e masculino);

  • taekwondo (feminino e masculino);

  • tênis (masculino);

  • tênis de mesa (feminino e masculino);

  • tiro com arco (feminino e masculino);

  • tiro esportivo (masculino);

  • triatlo (feminino e masculino);

  • vela (feminino e masculino);

  • vôlei (feminino e masculino);

  • vôlei de praia (feminino e masculino).

Mascote da seleção olímpica do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.
Brasil terá mais de 300 atletas em Tóquio para as Olimpíadas 2020. [4]

Esportes das Olimpíadas de Tóquio 2020

Serão disputadas 46 modalidades esportivas nos jogos de Tóquio. Além das já tradicionais, para esta edição há cinco novos esportes olímpicos: beisebol, escalada, karatê, skate e surfe.

Veja os esportes e suas modalidades:

  1. Atletismo

  2. Badminton

  3. Basquete

  4. Basquete

  5. Beisebol

  6. Softbol

  7. Boxe

  8. Canoagem slalom

  9. Canoagem velocidade

  10. Caratê

  11. Ciclismo estrada

  12. Ciclismo pista

  13. Ciclismo BMX

  14. Ciclismo Mountain bike

  15. Ciclismo freestyle

  16. Esgrima

  17. Escalada esportiva

  18. Futebol

  19. Ginástica artística

  20. Ginástico rítmica

  21. Ginástica trampolim

  22. Golfe

  23. Halterofilismo

  24. Handebol

  25. Hipismo

  26. Hóquei sobre a grama

  27. Judô

  28. Lutas

  29. Natação artística

  30. Natação

  31. Pentatlo moderno

  32. Polo aquático

  33. Remo

  34. Rugby sevens

  35. Saltos ornamentais

  36. Skate

  37. Surfe

  38. Taekwondo

  39. Tênis

  40. Tênis de mesa

  41. Tiro

  42. Tiro com arco

  43. Triatlo

  44. Vela

  45. Voleibol

  46. Voleibol de praia

  • Futebol nas Olimpíadas de Tóquio 2020

A disputa dos jogos de futebol foge um pouco à regra dos demais esportes. Os jogos começam antes da abertura do evento, no dia 21 de julho. Além disso, as partidas não serão realizadas apenas em Tóquio. As cidades de Miyagi, Saitama, Yokohama, Fukushima e Sapporo também vão receber as partidas.

Vila Olímpica

O local em que os competidores ficarão hospedados em Tóquio conta com 21 prédios em 440 mil m². A Vila Tóquio também conta com um shopping e um refeitório.

De acordo com a organização, os atletas terão que utilizar máscaras durante todo o período em que estiverem no local. No refeitório, os assentos foram reduzidos e painéis de acrílico foram instalados para separação das pessoas. Além disso, também haverá um ônibus que buscará os atletas no local para a disputa dos jogos.

Locais de competição das Olimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Olímpicos de Tóquio não contarão com um parque olímpico. Serão utilizados 43 locais espalhados pela cidade, entre estádios, ginásios e outros.

O principal local é o Estádio Olímpico de Tóquio, que passou por uma grande reforma para ser palco das cerimônias de abertura e encerramento, bem como dos jogos de futebol e competições de atletismo.

O local, que também é conhecido com Estádio Nacional de Tóquio, foi demolido em 2015 para a construção do novo projeto para receber as Olimpíadas. A construção terminou em 2019 e ele foi inaugurado em janeiro de 2020, com capacidade para 68 mil pessoas.

Tocha Olímpica

A Tocha Olímpica é, junto com os anéis olímpicos, o maior símbolo da competição. A cerimônia de acendimento da tocha ocorreu no dia 12 de março de 2020, no Templo de Hera, na Grécia. No dia 19 seguinte, a tocha foi entregue ao Japão sem a presença de público, devido à pandemia.

Tocha Olímpica sendo revezada, em público, na cidade de Fuji, em junho de 2021. [5]
Tocha Olímpica sendo revezada, em público, na cidade de Fuji, em junho de 2021. [5]

A tocha chegou ao Japão em 20 de março. O roteiro que era previsto para a tocha foi alterado muitas vezes por conta da pandemia e adiamento dos jogos. Meses depois, ela chegou a passar por alguns distritos, porém, no dia 7 de julho de 2021, o COI resolveu suspender o revezamento em vias públicas para evitar aglomeração nos locais de passagem do objeto.

O revezamento em Tóquio será feito em locais fora de vias públicas, para não ter a presença de muitos espectadores. Com a decisão, dezenas de pessoas que carregariam a tocha em Tóquio terão sua programação alterada.

A chama olímpica deverá entrar no novo estádio olímpico de Tóquio na cerimônia de abertura, em 23 de julho.

Leia também: Atentado nos Jogos Olímpicos de Munique

Medalhas das Olimpíadas de Tóquio 2020

Em 2017, o Comitê Organizador de Tóquio informou a parceria com o Centro de Saneamento Ambiental do Japão para a produção das medalhas do torneio por meio do aproveitamento da reciclagem de materiais eletrônicos.

O material base das medalhas foram os aparelhos doados durante a campanha. O Japão colocou postos de coletas em diversas vias públicas para que a população pudesse depositar os materiais. O design das medalhas foi divulgado em 2019 e a criação foi de Junichi Kawanishi.

Medalhas de ouro, prata e bronze dos Jogos Olímpicos de Verão em Tóquio.
Medalhas das Olimpíadas de Tóquio foram feitas com matérias recicláveis. [6]

Mascote das Olimpíadas de Tóquio 2020

A escolha de uma mascote sempre faz referência a alguma tradição do local. Para as Olimpíadas de Tóquio, o personagem criado foi a Miraitowa. O nome é a junção de palavras que representam futuro (mirai) e eternidade (towa) em japonês.

Como o Japão tem forte representatividade cultural e grande força tecnológica, a Miraitowa é alegre e possui um perfil atlético, com um “superpoder” de se teletransportar para onde quiser.

A Miraitowa tem uma parceira: a Someity, mascote dos Jogos Paraolímpicos. A Someity recebeu esse nome pelo significado do termo em inglês “so mighty”, que remete a algo muito poderoso. A cor rosa é inspirada na cereja someiyoshino, comum no Japão. Entre seus poderes estão a telepatia e característica calma guiada pela sua força interior.

Miraitowa e Someity são mascotes das Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio 2020 [7]
Miraitowa e Someity são mascotes das Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio 2020 [7]

Paralimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paralímpicos serão realizados de 24 de agosto a 5 de setembro, em Tóquio. A competição é voltada para os paratletas, que são aqueles com deficiência física ou cognitiva.

Nessa categoria de torneio serão disputadas 22 modalidades esportivas, e a novidade é a inclusão do badminton e taekwondo.

Os paratletas ficarão nas mesmas hospedagens da Vila Tóquio que recebem os atletas das Olimpíadas. Porém, as acomodações receberão adaptações para recebê-los.

Crédito das imagens

[1] f11photo / Shutterstock.com

[2] mundissima / Shutterstock.com

[3] kuremo / Shutterstock.com

[4] A.RICARDO / Shutterstock.com

[5] Sergio Yoneda / Shutterstock.com

[6] fifg / Shutterstock.com

[7] yu_photo / Shutterstock.com

Por: Giullya Franco

Artigos relacionados

Atentado nos Jogos Olímpicos de Munique

Entenda como ocorreu o atentado nos jogos olímpicos de Munique contra atletas israelenses e como Israel reagiu a isso.

História dos Jogos Olímpicos

Conheça a história dos Jogos Olímpicos e entenda como eles ocorriam na Grécia Antiga e também como foram recuperados na Idade Contemporânea.

Olimpíadas

Clique para saber mais a respeito da história e origem das Olimpíadas, o maior evento esportivo mundial.