Sinusite

Os seios da face são estruturas formadas por espaços existentes em alguns ossos do crânio. São revestidas por uma mucosa e auxiliam na eliminação de secreções, no aquecimento e umedecimento do ar, e na fala.

Em algumas situações, decorrentes principalmente de alterações anatômicas, processos alérgicos, gripes e resfriados; os seios da face inflamam, obstruindo a saída do muco. Tal fato impede que o ar que passa por ali se renove, propicia o acúmulo dessa secreção e permite também a proliferação de micro-organismos. Este quadro faz com que o indivíduo acometido sinta dores intensas e agudas nessa região, e também tenha dificuldade para respirar, irritação na garganta, corrimento nasal e, muitas vezes, tosse e febre. São as manifestações da rinossinusite ou, simplesmente, sinusite.

Como seus sintomas são semelhantes ao da gripe e resfriado – e considerando o mau hábito da automedicação, muitas vezes a sinusite é confundida com um quadro gripal, permitindo com que a situação não seja corretamente diagnosticada e tampouco tratada. Isso, em muitos casos, pode provocar seu agravamento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ao visitar o médico, é importante seguir suas orientações. É igualmente benéfico analisar o que pode ter provocado a sinusite, procurando evitar essa situação, para que o quadro não se repita. Esta medida, em muitos casos, é capaz de controlar, com eficácia, a sinusite crônica.

Ingerir bastante água e gotejar solução salina nas narinas, frequentemente, em situações que predispõem o aparecimento da sinusite, como alergias e processos gripais, são medidas muito eficazes no que diz respeito à sua prevenção.

 A sinusite ocorre em virtude da inflamação dos seios da face.

A sinusite ocorre em virtude da inflamação dos seios da face.

Por: Mariana Araguaia

Artigos relacionados

Dor de cabeça

Clique aqui e saiba quais são os tipos, as causas e os sintomas da dor de cabeça.