Espermatogênese

A espermatogênese é o processo responsável pela formação e maturação do gameta masculino e ocorre no testículo, mais precisamente nos túbulos seminíferos.

Os espermatozoides são os gametas masculinos, células responsáveis pela reprodução. Eles são formados nos testículos, mais precisamente nos túbulos seminíferos, em um processo conhecido como espermatogênese. Esse processo de formação e maturação de gametas é contínua em homens adultos, promovendo a produção de milhares de espermatozoides diariamente. Vale salientar, no entanto, que o processo de espermatogênese para a formação de um espermatozoide demora, em média, sete semanas.

Etapas da espermatogênese

A espermatogênese inicia-se com as chamadas espermatogônias, células que estão localizadas próximas à lâmina basal do epitélio germinativo. À medida que essas células passam para estágios mais avançados de desenvolvimento, movimentam-se mais para o interior, sendo liberadas, no final do processo, no interior do túbulo seminífero.

As espermatogônias, devido a estímulos hormonais na puberdade, iniciam uma série de divisões mitóticas que levam à produção de várias células, as quais podem originar espermatogônias tipo A ou espermatogônias do tipo B. As espermatogônias do tipo A permanecem como células-tronco de espermatogônias, e as do tipo B passam por divisões e originam espermatócitos primários. Os espermatócitos primários dão continuidade ao processo, duplicando seu DNA e iniciando a meiose. Na primeira divisão da meiose, surgem duas células menores, denominadas espermatócitos secundários, os quais apresentam apenas 23 cromossomos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os espermatócitos secundários entram, então, na segunda divisão meiótica, originando as espermátides, cada qual com 23 cromossomos. Assim sendo, cada espermatócito primário gera quatro espermátides por meio da meiose. A haploidia dessas células, isto é, a presença de um único conjunto de cromossomos, é importante para o restabelecimento do número correto de cromossomos após a fecundação.

Etapas do processo de espermatogênese
Etapas do processo de espermatogênese

A espermiogênese

O final da produção dos espermatozoides, fase em que as espermátides se tornam espermatozoides, recebe a denominação de espermiogênese. Nessa etapa, nenhuma divisão celular ocorre na célula, sendo observada a diferenciação dessas células. As principais modificações são:

  • Formação do acrossomo (estrutura rica em enzimas hidrolíticas que ajudam o espermatozoide a atravessar a corona radiata e a zona pelúcida, garantindo, assim, a fecundação);

  • Condensação e alongamento do núcleo;

  • Formação do flagelo;

  • Diminuição do citoplasma.

Após a espermiogênese, o espermatozoide está formado e é liberado no lúmen do túbulo seminífero. Esse espermatozoide segue, então, para o epidídimo, onde se torna célula móvel.

Os espermatozoides são formados no processo de espermatogênese

Os espermatozoides são formados no processo de espermatogênese

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Espermatozoide

Aspectos sobre o gameta masculino de inúmeras espécies.

Fecundação

Saiba mais sobre o que é e como acontece a fecundação do óvulo pelo espermatozoide.

Gametogênese

Conheça a gametogênese, o processo de formação do óvulo e do espermatozoide.

Sistema genital masculino

Clique aqui e saiba todas as características dos órgãos que compõem o sistema genital masculino.