Desmaio e suas causas

O desmaio pode ser definido como uma perda temporária dos sentidos e está relacionado com problemas como hipoglicemia, pressão baixa e arritmias.

O desmaio, também chamado de síncope, pode ser definido como a perda temporária dos sentidos, que é ocasionada geralmente pela diminuição do fluxo sanguíneo no cérebro. Ele pode ser desencadeado por vários problemas de saúde, desde os mais simples, como um jejum prolongado, até causas mais complicadas, como problemas cardiovasculares.

Normalmente, antes do desmaio, a pessoa se sente fraca, com tontura e vertigem, o que faz com que o paciente, muitas vezes, saiba o que irá acontecer. Em desmaios desencadeados por problemas de saúde mais graves, a perda dos sentidos pode ser precedida ainda de dor no peito e falta de ar.

Quais são as principais causas do desmaio?

Como já salientado, as causas dos desmaios são variadas e podem sinalizar problemas graves de saúde. Vale destacar, no entanto, que cerca de 30% a 50% dos desmaios permanecem sem que sua verdadeira causa seja descoberta.

Veja a seguir alguns dos principais problemas que podem causar o desmaio:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Hipotensão arterial (pressão baixa)

  • Hipoglicemia (diminuição da taxa de glicose no sangue)

  • Dores intensas

  • Vômitos

  • Uso de álcool e outras drogas, inclusive medicamentos

  • Desconforto desencadeado por frio ou calor excessivo

  • Fortes emoções

  • Atividades físicas intensas

  • Arritmias e doença estrutural cardiovascular

  • Desordens psiquiátricas

  • Acidente isquêmico transitório

O que fazer quando uma pessoa desmaia?

Como muitas pessoas não sabem o que fazer no momento em que vê uma pessoa desmaiada, elas acabam realizado procedimentos inadequados, como jogar água no rosto da vítima ou fazê-la cheirar álcool. A seguir listaremos as ações corretas para socorrer uma vítima de desmaio:

  • Coloque a vítima de barriga para cima e eleve suas pernas;

  • Coloque a cabeça da vítima de lado para evitar possíveis sufocamentos com secreções;

  • Afrouxe as roupas da vítima e aumente a ventilação do local;

  • Quando a vítima recobrar a consciência, mantenha-a sentada por alguns minutos;

  • Após o período de recuperação, leve a vítima ao médico.

Ao socorrer uma vítima de desmaio, é importante não jogar água em seu rosto nem fazê-la cheirar álcool

Ao socorrer uma vítima de desmaio, é importante não jogar água em seu rosto nem fazê-la cheirar álcool

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Náusea e vômito

Aprenda a diferença entre náusea e vômito e conheça algumas de suas causas.

Overdose

Compreenda o que é overdose e quais os sintomas que uma pessoa exposta a grandes quantidades de drogas e medicamentos apresenta.

Pressão baixa

Entenda o que é pressão baixa e conheça mais sobre as causas e os sintomas decorrentes desse fenômeno.

Álcool

Conheça a composição química do álcool, seu efeito sobre o organismo, por que ele é considerado uma droga e as tristes consequências do alcoolismo.