Bicho-de-pé

A tungíase, também chamada de bicho-de-pé, é uma doença causada por uma pulga e pode gerar complicações graves se não tratada corretamente.

Você provavelmente já deve ter ouvido falar a respeito do bicho-de-pé! É uma doença comum em pessoas que vivem em comunidades carentes ou áreas rurais, em locais que existem currais e chiqueiros. Vamos conhecer mais sobre essa doença?

A tungíase, também conhecida como bicho-de-pé, é resultado da penetração de uma pulga chamada Tunga penetrans, a menor de todas as espécies conhecidas. Com cerca de 1 mm de comprimento, não apresenta asas e possui a fronte terminando em uma ponta aguda.

É a fêmea grávida desse animal que adentra a pele do homem, principalmente nas regiões da sola dos pés. Acomete principalmente crianças em razão, muitas vezes, do hábito de brincar com o solo e com os animais. Depois de instalada, a pulga passa a alimentar-se do sangue do hospedeiro enquanto ocorre a maturação dos seus ovos, que posteriormente serão expelidos e cairão no solo.

Quando observamos a pele de um paciente com tungíase, percebemos pontos esbranquiçados que causam muita coceira e dor. Em alguns casos, há inflamação e inchaço.

As lesões causadas pela pulga podem favorecer o surgimento de infecções secundárias, podendo levar o paciente à morte se não tratadas corretamente. Entre as principais complicações, podemos destacar o tétano e a gangrena gasosa. Além disso, a doença pode ocasionar a perda e deformidade das unhas, além da deformação de dígitos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O tratamento da tungíase é relativamente simples e baseia-se na retirada da pulga da pele através de uma agulha estéril e a posterior aplicação de um antibiótico no local. É importante que esse procedimento seja feito por um profissional que utilize instrumentos limpos e estéreis a fim de evitar contaminações e maiores complicações. Não tente retirar a pulga em casa!

Evite brincar descaço em solos arenosos, você pode pegar diversas doenças
Evite brincar descaço em solos arenosos, você pode pegar diversas doenças

É comum que pacientes que vivem em áreas precárias apresentem reinfestação. Nesses casos, o corpo do paciente pode apresentar-se repleto do parasita. Sendo assim, a doença deve ser considerada um grave problema de saúde pública.

Para evitar o contágio, é importante que você sempre utilize calçados! Além disso, é fundamental que seja realizado o tratamento dos animais domésticos infectados por essa espécie de pulga.

O bicho-de-pé pode causar muita coceira e dor

O bicho-de-pé pode causar muita coceira e dor

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Bicho-de-pé e bicho-geográfico são a mesma doença?

Entenda a diferença entre bicho-de-pé e bicho-geográfico, duas doenças que podem causar coceira e lesões na pele.